InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Copenhagen wheel

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Arthur HP3

avatar

Mensagens : 147
Data de inscrição : 19/05/2009
Idade : 69
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Copenhagen wheel   Qua Nov 12, 2014 6:04 pm



Toda ajuda é bem-vinda!

Arthur HP3
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Cruzbiker

avatar

Mensagens : 126
Data de inscrição : 07/06/2012
Localização : Volta Redonda

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Qui Nov 13, 2014 7:58 am

Muito interessante! Pena que não pode usar no Audax Sad
Achei inteligentíssimo não ter aquele monte de fios, e parece que o Smartphone é só para regular e não precisa ficar conecatado o tempo todo.
Seguem as especificações técnicas para quem ficou curioso como eu:

Preço: $799

TECHNICAL SPECIFICATIONS

MOTOR US: 350W, EU: 250W
SIZE 26" or 700c rim
BATTERY 48Volt Lithium
CONNECTIVITY Bluetooth Low Energy (4.0)
RANGE Up to 50 km / 31 mi
BATTERY LIFE 1000 cycles
SMARTPHONE OS iOS, Android
CHARGE TIME 4 hours
COMPATIBILITY Single Speed or 7/8/9/10 Speed Free Hub
TOP SPEED US: 20 mph, EU: 25 km/h
BRAKE TYPE Rim brake and regenerative braking (downhill and back-pedal)
WEIGHT 5.9 kg / 13 lbs
DROPOUT 120mm (single speed), 135mm (single speed and multi-speed)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2244
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Qui Nov 13, 2014 11:36 am

Não é lá muito rápida, né?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Sex Nov 14, 2014 8:15 am

Mordaz escreveu:
Não é lá muito rápida, né?

Mas não precisa e nem deve ser. E, ainda, não pode ser. Os valores máximos são arbitrários por parte das legislações locais, de forma que o veículo continua a se enquadrar na categoria bicicleta. Claro que vc sabe disso, é só uma intro.

Eu concordo que realmente deve haver um limite. O valor específico é questionável mas tb muito difícil de determinar qual medida é *segura* pra todo mundo. Dá pra andar a 20km/h e fazer cagada, e andar a 30 cuidando de tudo.

Eu acho que essa velocidade máxima europeia atende justamente as vias mais cicláveis, que por vezes podem ser empinhocadas de gente - tanto ciclistas quanto pedestres. Nelas pode ser que vc nem consiga passar muito disso, não só pela segurança mas pelo "congestionamento". Já nas vias nossas por aqui, em que a gente acaba sobrando numa pista de trânsito rápido, em que vc disputa espaço não com bípedes ou biciclos (ou triciclos!) mas com quadrúpedes enlatados, realmente é necessário conseguir puxar mais a velocidade, pra não ser morto esmagado ou coisa parecida.

É como se a velocidade limitasse também, de certa forma, a habilidade ou competência do usuário. Espero que não seja mal interpretado por isso. Não significa que todo mundo que pedale rápido o faça por ser habilidoso ou competente. Mas em geral é uma conquista meio que simultânea. Evidentemente a pessoa pode fazer bobagem de qualquer jeito. Mas imagine um potencial usuário de bike, que não pedala pro trabalho pq acha fisicamente exaustivo, perigoso, ou o que seja. Esse cara talvez nunca tenha andado de bicicleta a mais de 30 por hora. Aí ele vê numa assistência elétrica a possibilidade de fazer o que ele achava impraticável, mas pega uma bicicleta que vai de cara a 40 por hora. A pessoa não é 'preparada'. Claro que todo mundo que se dispõe aprende a dirigir carro ou pilotar moto sem ter feito isso antes. Mas tem auto-escola e exame. E são veículos mais estáveis em velocidades maiores.

Estendendo a reflexão, tem também um nível de hipocrisia - apesar do que comentei de aulas de instrução e exames pra habilitação - limitar a velocidade de uma bicicleta enquanto se mantêm as velocidades máximas pra carro tão altas! Não precisa fazer muito esforço pra sair da matrix carrocêntrica e perceber que velocidades atingidas por um carro - um veículo que se coloca na mão de qualquer pessoa que tenha conquistado a tal habilitação - são nada humanas ou amigas da vida. Se eu tivesse que votar em valores, votaria 30 km/h pra cidade e 60 pra estrada. Se o "mundo" precisar de mais que isso, é deslocamento sobre trilhos, e ponto.

Não consigo mais deixar claro em palavras o tanto que acho triste e lamentável esta sociedade nossa criada em volta do automóvel. Tem horas que me sinto um E.T. na cidade vendo aquelas jamantas todas, sejam paradas ou se movendo, e um mundo ao redor criado em função delas, no qual você não foi incluído... Nesta semana li o texto linkado abaixo, compartilhado por amigos via face, e me surpreendi quando cheguei ao final e vi que ele é datado de 1973!!!

http://dumacedoblogger.blogspot.com.br/2014/11/a-ideologia-social-do-automovel-andre.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2244
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Sex Nov 14, 2014 8:56 am

Expressei-me mal.

25 km/h de velocidade máxima e, digamos, 15 km/h a 20 km/h de velocidade média em trajetos supostamente planos são perfeitamente viáveis com bicicletas comuns, não assistidas.

Acho que vale mais a pena investir em um bom par de rodas e pneus slicks de boa rolagem. Se a bicicleta estiver mecanicamente em ordem, sem perdas desnecessárias, o esforço fisico demandado para se deslocar a essas velocidades é pouco e dentro das possibilidades de quase qualquer pessoa.

Considero todos esses "power-assists" uma solução para um problema que não existe. A bicicleta, em sua forma mais simples, é uma excelente alternativa ao automóvel em quase todas as situações.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Sex Nov 14, 2014 9:20 am

Entendo seu ponto, mas vejo diferente. Até o Marcus del Mastro, que é um ciclista duma estirpe superior a qualquer um de nós aqui - ao menos dos que conheço! - tem usufruído dos benefícios da eletroassistência nos deslocamentos urbanos. Acho que ele não comentou aqui no fórum sobre isso. Eu gostaria de ter, mas no meu atual regime, usaria muito pouco. Não à tôa, já tive e aposentei.

O que vc falou da velocidade no plano é verdade. Mas a realidade das pessoas não é toda plana. Eu, que tenho algum condicionamento, pedalando no dia-a-dia sem me empolgar muito, numa bicicleta "boa" (uma speed urbanoide), nos meus trajetos mistos por aqui, em geral acho q a média não passa de 18, vendo o saldo do final do dia. Quando estou cansado ou indisposto, chega a ficar nuns 13 por hora. Ainda assim, é suficiente pra ser vantagem sobre andar a pé e também vantagem sobre carro! Mas pra uma pessoa não-condicionada, não é nem que a velocidade ficaria muito abaixo: é que a pessoa não pedalaria, de fato, em muitas situações. E faltaria também, como disse, aquela velocidade extra quando a via fica meio insegura e vc tem que apertar o passo.

E, ainda não pedalando, é o problema do "suor". Eu tenho ligado cada vez menos pra suor pois a existência dele não é um problema, e sim a manutenção. Quando saio dum dos meus trampos, por volta de 16h, e chego noutro no máximo meia hora depois, faço uma "sessão banho" completa na pia do banheiro. Pra isso levo toalha, sabão e uma camiseta nova, às vezes até calça nova. O básico é limpeza do rosto e suvacão mas dependendo do dia preciso higienizar costas, nuca e peitoral tb. Tenho tempo e espaço pra isso. Mas tem situação em que a pessoa não tem. Seja pro trabalho ou seja pra algum evento específico.

BH é um exemplo duma cidade em que o uso da bicicleta com certeza teria um boom se as alternativas de bike elétrica fossem mais acessíveis. Em tempo quente e uma ou mais subidas longas, por mais que a pessoa um dia se condicione e dê uma maneirada no passo, não tem jeito. É pra esse tipo de coisa que a assistência elétrica na bike abre espaço.

Concluindo, concordo que a bike convencional já uma alternativa melhor que o carro em boa parte das situações, existindo como impeditivo mais uma resistência social, comodismo, não-questionamento e desinformação. Não à tôa a quantidade de ciclistas bem capacitados e treinados que não se "aventuram" na ciclomobilidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2244
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Sex Nov 14, 2014 12:26 pm

É, eu estava pensando só em trajetos planos, mesmo, como os dos commuters dos meus arredores. Entendo que a sua realidade é diferente (para pesar dos participantes do Audax que você está organizando! tongue )

Quanto à questão da transpiração, esqueci desse detalhe. Coisa de quem não commuta! Mas vejo commuters que parecem muito competentes em pedalar com o mínimo possível de dispêndio de energia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Mordaz

avatar

Mensagens : 2244
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Sex Nov 14, 2014 1:43 pm

ninocoutinho escreveu:
Nesta semana li o texto linkado abaixo, compartilhado por amigos via face, e me surpreendi quando cheguei ao final e vi que ele é datado de 1973!!!

http://dumacedoblogger.blogspot.com.br/2014/11/a-ideologia-social-do-automovel-andre.html

Li o texto.  Gostaria de ter lido sem saber previamente que tinha sido escrito em 1973.  Alguns detallhes sutis denunciam sua "antiguidade", mas acho que não perceberia se não tivesse sido avisado previamente.  Enfim, o que importa mesmo é a contemporaneidade do texto, mesmo após décadas.  Boas idéias (ideologicamente falando) resistem à prova do tempo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
duram

avatar

Mensagens : 649
Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 54
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   Sab Nov 15, 2014 8:08 pm

Interessante tb é ver o fim do filme que aparece um roda com suspensão
em vez de raios, já pensaram o futuro com motor e raios moveis, pedalar
na cidade será o bicho e ir trabalha sem suar ou ter dores.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/duram
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Copenhagen wheel   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Copenhagen wheel
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» The Classics B 737-300 / 400 and 500, com vídeo !

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Ciclismo alternativo-
Ir para: