InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Reclinadas no PBP 2015

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 11:02 am

Cometi uma insanidade. Razz

Analisei as fotos (aquelas do maindru) de participante por participante pra saber que tipo de bicicleta/trike/velo
usavam e descobrir milhares de coisas com isso - ou não Laughing .

Alguns números bem gerais:

+-----------------+--------------+-----------------+
|   TIPO RECLI    | número total | núm. brevetados |
+-----------------+--------------+-----------------+
| Duas rodas      |    112       |    85 (75%)     |
| Triciclos       |    5         |    3  (60%)     |
| Velomóveis      |    26        |    24 (92%)     |
+-----------------+--------------+-----------------+


E uma tabelona com os modelos de reclis de duas rodas:

+-------------------------+-------+--------+
|         MODELO          | TOTAL | BREVET |
+-------------------------+-------+--------+
| Metabikes               |  16   |   12   |
| Zockra HR               |   9   |    7   |
| Performer HR            |   8   |    6   |
| Bacchetta CA2           |   7   |    7   |   
| Bacchetta Corsa         |   6   |    6   |   
| Troytec HR              |   5   |    4   |
| Cruzbike Vendetta       |   4   |    4   |   
| M5 CHR                  |   4   |    2   |
| MBBs caseiras           |   3   |    3   |
| Optima Low Baron        |   3   |    2   |   
| Schlitter Encore        |   3   |    3   |   
| Azub Max                |   2   |    1   |
| Challenge Seiran        |   2   |    2   |
| Cruzbike Silvio         |   2   |    0   |
| Flevo Racer             |   2   |    0   |
| Nazca Gaucho            |   2   |    1   |
| Volae                   |   2   |    2   |
| Bacchetta Giro26        |   1   |    1   |
| Bacchetta Strada        |   1   |    0   |
| Bacchetta Ti Aero       |   1   |    0   |
| Carbent                 |   1   |    1   |
| Flying Furniture PBP    |   1   |    1   |
| Lightning R84           |   1   |    0   |
| M5 carbon medium racer  |   1   |    1   |
| M5 Low Racer            |   1   |    1   |
| Mike Burrows Ratracer   |   1   |    1   |
| Mike Burrows Ratcatcher |   1   |    1   |
| Nazca Fuego             |   1   |    1   |
| Optima High Baron       |   1   |    1   |
| Performer Agenda        |   1   |    1   |
| Performer Goal26        |   1   |    0   |
| Performer Low           |   1   |    1   |
| Performer Unicorn       |   1   |    0   |
| Raptobike Mid           |   1   |    1   |
| Rowing Bike             |   2   |    1   |
| Speed D6 (Uram)         |   1   |    0   |
| Traix Phantom           |   1   |    0   |
| Troytec LR              |   1   |    1   |
| Velokraft VK2           |   1   |    1   |
| Velokraft VK3           |   1   |    1   |
| Zephyr                  |   1   |    0   |
| Zockra MBB              |   1   |    1   |
| Zohrer Sport            |   1   |    1   |
| Zox HR                  |   1   |    1   |
| 20/26 não-identificáveis|   2   |    1   |
| LWB não-identificáveis  |   2   |    1   |
+-------------------------+-------+--------+

A grosso modo, dá pra dizer que as low-racers "saíram de moda". Das 112 reclis
apenas 11 são lowracers. No entanto, elas não deixam de ter bons resultados.
Apenas 2 não concluíram - uma low baron e uma zephyr - e, das 9 que concluíram,
3 foram com excelentes tempos abaixo de 80h (nazca fuego, performer low e mike burrows ratracer).

Das high-racers, me chamou atenção a quantidade de Metas e de Bacchettas!
Em especial, sobre as Bacchettas, o aproveitamento das CA2 e das Corsas. Os
13 ciclistas dessas bikes concluíram o PBP, com 4 deles concluindo abaixo de 80h.

Os resultados da Meta tb são muito bons, com cinco ciclistas abaixo de 80h, incluindo
dois ao redor de 65h.

Sobre resultados abaixo de 80h, as "campeãs" parecem ser as Zockras, com tempos
de 63 (de um senhor com 63 anos!!!), 66, 74 e 77 horas, mais ocorrências até que os
tempos acima de 80.

As M5 CHR vieram em 'pouca' quantidade, quatro, sendo que apenas dois concluíram,
mas com escrotos tempos de 56 (o segundo reclineiro mais rápido) e 66h. Ainda teve
uma M5 low (de cromo) e uma carbon medium racer concluindo a prova.

As Schlitter foram com poucos mas bons representantes, tendo inclusive o reclineiro
mais rápido com 56h, e o próprio designer delas, o Julien, também mandando bem
em 70h de PBP.

Ainda sobre high-racers de tração traseira, nota pra boa quantidade de Performers,
tendo três abaixo de 80h, as cinco Troytecs (tb duas abaixo de 80h), as duas Challenge
Seiran (cumprindo as duas abaixo de 80h) e duas Volae. Me surpreendeu ter apenas
uma High Baron, pensava ser uma randoneira mais comum. E, pela terceira edição
seguida, tivemos uma Zöhrer, desta vez a high-racer do Romano, concluindo com sucesso. Cool

Destaque deve ser dado pras bikes de tração dianteira, num total de 15 (mais do
que low-racers 'tradicionais'). Destas 15, só duas eram com tração indireta: uma
Rapto Mid (excelente resultado de 69h) e uma Zox HR. As outras 13 eram MBBs,
sendo que as 3 caseiras afrancesadas mais a zockra e uma das vendettas fizeram
ótimos tempos abaixo de 80h. As 4 vendettas terminaram, e infelizmente nenhuma
silvio nem a speed D6 do Daniel. As duas flevo racers não brevetaram, mas uma
delas concluiu o PBP acima do tempo, em 96h, o q não deixa de ser uma excelente conquista.

Sobre concluir acima do tempo, ninguém ganhou dum alemão numa Traix Phantom,
q levou 99h pra chegar a Paris novamente! Twisted Evil

Não dá pra deixar de falar do exotismo das rowing bikes. Desta vez havia duas,
sendo que uma não completou mas o que concluiu fez em espetaculares 66h.

A respeito dos materiais dos quadros, fiz uma conta com as bikes que dá pra ter
certeza de que são feitas (excluí umas 10 da listona):

+----------+-----+
| alumínio | 49% |
| carbono  | 35% |
| aço      | 14% |
| titânio  |  2% |
+----------+-----+

A oposição SWBxLWB quase não existe, pois destas 112 reclinadas apenas duas
eram LWB. Uma com a "bolha" dianteira, que não concluiu, e uma muito
interessante aparentemente em fibra de carbono, essa sim concluiu.

Passando pros triciclos, dos cinco que largaram, quatro eram Ice VTX, e apenas
dois terminaram, assim como um Catrike Road com rodinha traseira 20!! Enfim,
o aproveitamento dos trikes não mostra ser incrível.

Já o dos velomóveis, é impressionante, como a primeira tabela lá de cima já
mostrava os 92% de sucesso! Listona:

+-------------+-------+--------+
|   MODELO    | TOTAL | BREVET |
+-------------+-------+--------+
| Quest       |   10  |   10   |
| Daniel Fenn |    8  |    8   |
| Milan       |    4  |    3   |
| Strada      |    3  |    2   |
| Mango Sport |    1  |    1   |
+-------------+-------+--------+

Fiquei impressionado com a quantidade de DFs (Daniel Fenn), pois é um
modelo razoavelmente novo (cerca de 2 anos), mas teve tanto hype em
volta do lançamento dele que muitos velonautas fizeram o upgrade pro DF,
especialmente devido às clamadas melhorias de rigidez e o baixo peso (24kg).
Ainda um modelo muito caro, na casa de 9 mil euros.

Destes 24 brevetados de velomóveis, apenas 10 acima de 80h, tendo os
outros 14 abaixo das 80h, alguns muito abaixo. O recorde foram as 47h
dum Milan, seguido de 51 e 59 de dois DFs.

Ainda entre os velonautas, havia 4 com idade acima de 60 anos, sendo que
os 4 concluíram, em velos DF e Quest. Entre as reclis de duas rodas, havia
13 ciclistas "idosos", com 8 concluindo. A título de nota, esses 13 idosos optaram
em geral pelas bikes mais bem cotadas nas listagens: Zockra, Bacchetta CA2,
Schlitter, Performer HR, Meta, M5 CHR, além das menos usadas NESTE PBP
mas com excelente potencialidade que são as Cruzbike Silvio, Challenge Seiran
e M5 Carbon Medium Racer.

Segue uma tabela com os 10 "primeiros colocados" que são justamente os
que concluíram abaixo de 70h (lembrando q, por ser uma prova de resistência
e estratégia, os resultados por bicicleta talvez digam mais sobre a opção dos
que se dedicaram a terminar mais rápido):

+-------+-----------------------+-------+--------------------+
| TEMPO | CICLISTA              | IDADE | BIKE               |
+-------+-----------------------+-------+--------------------+
| 56:28 | Jérôme Deloge         | 39    | Schlitter Encore   |
| 56:47 | Andreas Korner        | 49    | M5 CHR             |
| 63:35 | Herve Le Du           | 63    | Zockra HR          |
| 64:09 | Bjorn Schenk          | 48    | Performer HR       |
| 64:14 | Marco Cerica          | 54    | Metaphysic Carbon  |
| 65:15 | Guillaume Gout        | 29    | Performer HR       |
| 66:04 | Jose Luis Lera Ananos | 52    | Zockra HR          |
| 66:18 | Theo Homan            | 55    | Rowing Bike        | 
| 66:50 | Johannes Markofsky    | 50    | M5 CHR             |
| 69:26 | Peter Heal            | 57    | Raptobike Midracer |
+-------+-----------------------+-------+--------------------+


Vou ver se ainda faço um post com fotos. É que com foto vai ser foto demais. 


Última edição por ninocoutinho em Qua Set 16, 2015 2:34 pm, editado 8 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
duram

avatar

Mensagens : 649
Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 54
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 11:09 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/duram
duram

avatar

Mensagens : 649
Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 54
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 11:13 am

Minha FWD é a D6 e não D8

Aço Chromo mob

Devo dizer que depois de 600km não faz diferença se é ou não reclinada, todos
estão mortos....
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/duram
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 11:23 am

duram escreveu:
Minha FWD é a D6 e não D8

Ops, corrigido!!

Fotos dos que "sofreram por menos tempo". Tentei pegar o mais de perfil possível.
Não incluí o rowingbiker pq não tem foto no maindru e queria que fosse bem "real"
- assim, não peguei outra da net.

Schlitter - Jérôme Deloge


M5 CHR - Andreas Korner


Zockra HR - Hervé Le Du


Performer HR (tlvz seja a versão "goblet") - Bjorn Schenk


Meta Carbon - Marco Cerica


Performer High-Racer - Guillaume Gout


Zockra - Jose Luis Lera Ananos


M5 CHR - Johannes Markofsky


Rapto Mid - Peter Heal


Última edição por ninocoutinho em Dom Set 13, 2015 8:04 pm, editado 2 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 1:41 pm

Já que falei deles, fotos dos 13 mais "velhinhos" que têm ótimas bikes:

Jaap Bouman - 73 anos - M5 CHR - não completou (foi até km 618):


Bernard Faucheux - 67 anos - M5 Carbon Medium - completou:


Alain Roy - 64 - Metaphysic - completou


Dan N'Guyen - 63 anos - Zockra - não completou (foi até km703)


Jean François Vilarem - 63 anos - Schlitter Encore - completou


Hervé Le Du - 63 anos - Zockra - completou e já apareceu no post anterior entre os primeiros


Jean Marie Ruyfellaert - 62 anos - Performer High Racer - completou


Roberto Fernández Palmeiro - 62 anos - Challenge Seiran - completou


Tera Manuel Vallez - 61 anos - Metaphysic - não completou (foi até km 703)


Gervais Choloux - 61 anos - Cruzbike Silvio - não completou (foi até km 703)


Vickie Tyer - 61 anos - Bacchetta CA2 - completou


Hardy Swinson - 60 anos - Cruzbike Silvio - não completou (foi até km 772)


Michel Lefrere - 60 anos - Metaphysic - completou
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ZÖHRER

avatar

Mensagens : 392
Data de inscrição : 23/05/2009
Idade : 50
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 4:11 pm

Nino parabéns, fantástico levantamento.Deve ter dado um trabalho danado!
Quando vi os vídeos, também me chamou atenção a LWB de carbono o desenho é bem interessante.Me fez lembrar dessa reclinada britânica:
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://zohrer.com.br
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 6:07 pm

Então, Pedro, daria pra "brincar" mais com os resultados mas, como disse, as características da prova fazem com que
um cara que termina com 80h pode ter tanto mais perna quanto ter uma bike melhor do que quem termina com 60h,
mas digamos que ele pode ter "optado" por pedalar mais de boa, por dormir mais, por passar mais tempo nos PCs...
tem quem tem apoio, tem quem vai mais no autossuficiente...

Eu esperava tirar mais "padrões" de quem anda mais no topo, de quem anda mais na média, e dos DNFshers. Mas não
percebi ser tão possível. No top do top mesmo, achei que só teriam chances máquinas como Zockra, M5, Troytec e VK,
mas ficou nítido como uma Schlitter sem grandes invencionices consegue destruir tb, assim como reclis que não são
nenhuma novidade como a Performer HR, a Meta ou as Bacchettas CA e Corsa que tiveram o tal aproveitamento de 100%.

Comentei que estranhei ter apenas uma high baron, mas não foi a única ausência que notei. Achei que ia ter mais reclis
"das antigas", como as várias possibilidades de M5 de aço (as diversas shockproofs, a city racer, a M-racer...), achei
que poderia ter mais Nazcas (foi apenas uma Fuego e duas Gaucho), e também achei que teria mais Optimas (só as três
low e uma high baron) e Challenges (só as duas Seiran). Também não achei que teriam tantas Performers, muito menos
tantas Bacchettas, como já disse. Detalhe que esses Bacchetteiros aí não são todos estadunidenses, não, tem vários
europeus no meio.

Outra coisa nítida é que o aço, apesar de menos comum, ainda tem bons resultados, porém não "na crista da onda". Lá
no primeiro post disse que a participação era de uns 14%, e vejo agora que entre os brevetados o número também é mais
ou menos esse (13 e poucos %). Porém, entre os que terminam abaixo de 80h, fica limitado a 11%, e nenhuma tão lá
em cima - apenas resultados entre 77 e 79h:

+-----------------------+-------+
| Volae                 | 77:38 |
| Nazca Fuego           | 78:34 |
| Mike Burrows Ratracer | 79:19 |
| Nazca Gaucho          | 79:27 |
+-----------------------+-------+

Nenhuma recli de aço foi mais rápido que isso, enquanto teve 11 de alumínio mais rápidas e 10 de carbono mais velozes.

A Ratracer do Mike Burrows já vi montada de outras formas (com múltiplas carenagens) mas neste PBP estava assim:





O ciclista é o Stuart Dennison que é um randoneiro pra lá de experiente e escreveu este breve relato, com ótimas fotos:

http://www.bikefix.co.uk/blog/paris-brest-paris-2015

Aliás, ele não era o único inglês sem capacete drunken  havia vários outros figurinhas!!


Última edição por ninocoutinho em Seg Set 14, 2015 8:52 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 7:13 pm

Voltei aos "velhinhos" pq achei o histórico deles, destaco alguns:

Bernard Faucheux - 67 anos - M5 Carbon Medium - completou este que é o seu NONO PBP. No ano em que
eu nasci, ele completou um PBP em 55 horas. bounce


Alain Roy - 64 - Metaphysic - completou seu QUINTO PBP


Dan N'Guyen - 63 anos - Zockra - não completou (foi até km703) - era seu QUARTO PBP e até hje não completou nenhum... Rolling Eyes 



Hervé Le Du - 63 anos - Zockra - É seu SEXTO PBP e terminou todos; este foi o mais "lento".
Concluiu quatro deles na casa das 40 e poucas horas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Dom Set 13, 2015 7:46 pm

E acabo de ter CERTEZA de que minha lista está incompleta. Achei no facebook, num álbum com umas fotos ótimas da Leo,
uma raptobike low que não vi em nenhum registro. Infelizmente não dá pra ver o número do cara.



E a Leonor:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Seg Set 14, 2015 8:39 am

ZÖHRER escreveu:
Quando vi os vídeos, também me chamou atenção a LWB de carbono o desenho é bem interessante.

Consegui dar um close numa foto e achei o nome Kormorán, que faz referência a uma ave e deve ser
o nome de batismo dessa recli que talvez possa ser caseira, mesmo. Ela aparece neste vídeo (a SWB
da miniatura é outra, claro):



A da miniatura aparece sendo construída aqui:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2241
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Seg Set 14, 2015 9:04 am

ninocoutinho escreveu:
E acabo de ter CERTEZA de que minha lista está incompleta. Achei no facebook, num álbum com umas fotos ótimas da Leo,
uma raptobike low que não vi em nenhum registro. Infelizmente não dá pra ver o número do cara.

Vi essa foto ontem e achei interessante esse "boom" customizado.

O cara é bem grande e poderia até usar um rodão na frente, mas preferiu a pedivela e o tiller mais baixos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Seg Set 14, 2015 9:18 am

Mordaz escreveu:
Vi essa foto ontem e achei interessante esse "boom" customizado.  

O cara é bem grande e poderia até usar um rodão na frente, mas preferiu a pedivela e o tiller mais baixos.
Também reparei isso. Ele deve gostar de pedalar beeeem aberto, estilo alguns Vendetteiros. Assim
tem também bastante espaço pro guidão ficar bem à frente, sem interferir na coxa, estilo M5.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2241
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Seg Set 14, 2015 9:22 am

Tenho quase certeza de que entre as "LWB não-identificáveis" há uma Easy Racers.

A Rapto Mid do Peter Heal foi bastante modificada: ganou uma traseira nova de carbono.

A High Baron não está com nada! A Performer HR é bem melhor (opinião suspeita).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Seg Set 14, 2015 9:32 am

Mordaz escreveu:
Tenho quase certeza de que entre as "LWB não-identificáveis" há uma Easy Racers.

A Rapto Mid do Peter Heal foi bastante modificada: ganou uma traseira nova de carbono.

A High Baron não está com nada!  A Performer HR é bem melhor (opinião suspeita).

Eu tinha minhas dúvidas se aquilo era uma Easy Racers mesmo. Não conheço com detalhes e na foto a cor é estranha:



By the way, ele não terminou, mas foi ao menos até Loudeac na volta, no km 782, amargando uma média geral bem no limite.

Eu sei da sua crítica em especial ao design da traseira da High-Baron, provavelmente não muito rígido ou não tanto quanto possível. Mas a Performer HR realmente manda muito bem e é o provável melhor custo-benefício entre as #top, se fosse possível fazer uma análise assim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
marcelo_montanhista

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 22/05/2009

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Ter Set 15, 2015 10:15 am

o que eu vi de padrão é:

quem completa a prova é o ciclista e não o modelo de bike escolhido. kkkkkkk
tanto faz o modelo.
o modelo até pode "influenciar" na performace. Mas indifere na questão completou ou não.
abs
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/marcelomountain
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Ter Set 15, 2015 12:12 pm

Eu entendo o que vc disse, marcelo, mas acho que pensar assim não ajuda muito a entender sobre
as melhores possibilidades pra randonagem. Assim como o Daniel pensar que depois de 600km nada
faz diferença, todos estão mortos...

Pode até ser que alguém que tenha terminado, por exemplo, em menos 70h, numa bicicleta "boa",
seja capaz de terminar no limite de 90h com um bicicleta "ruim"... Mas será que os que
terminaram tipo em 89h com uma bike excelente terminariam no limite de 90 com uma
bike 'marromeno'?

Falando de um caso mais específico, veja o Romano que terminou de zohrer sport em 88h. Será q
ele terminaria nas mesmas 88h numa EXD? Se terminasse, seria com a mesma "tranquilidade"?
Ele provavelmente estava usando a melhor bike nacional pra função que ele estava fazendo,
chutaria q até melhor do que a low racer que o Cézar usou das outras vezes. Pra quê ele
usaria uma bike "menos boa"? Ele tava "na crista da onda" dos bacchetteiros que estavam
por lá e tiveram uma excelente taxa de sucesso.

É uma prova muito difícil pra se fiar apenas em si mesmo e não escolher uma bicicleta que te
ajude. A randonagem existe há décadas em outros países e a taxa de sucesso deles é muito
maior que a dos brasileiros, especialmente desses PBPeiros, alguns dos quais já frequentaram
e terminaram muitas edições. A mim interessa ver o que eles escolhem em geral.

Fiz mais uns graficuzinhos aqui, mas sei que eles devem ser lido com uma análise extra,
q assim que puder, faço:

EDITADO: troquei por uns gráficos menores, e em inglês pra postar no BROL.



Mais interessante que o material do quadro é analisar COMO é o modelo da bike, como é o perfil
aerodinâmico, que tipo de pneus, como carregar alimentação, hidratação, roupas e ferramentas
neles, mas essa é uma análise que, apesar de mais interessante, mais difícil de colocar em dados. Vou tentar. Apesar de que as fotos que postei na página anterior já dizem bastante.


Última edição por ninocoutinho em Qua Set 16, 2015 2:37 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
marcelo_montanhista

avatar

Mensagens : 277
Data de inscrição : 22/05/2009

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Ter Set 15, 2015 2:22 pm

salve nino,

vc tem razão e eu concordo e discordo ao mesmo tempo.

pois tem outros aspectos:

1 - quem tem uma bike de carbono significa que investe bastante. em geral que investe bastante em bike é pq treina muito e o investimento faz sentido. Então a alta taxa de finalização dos quadros de carbonos não tem haver com o quadro, e sim com treino do ciclista.

agora sem dúvida, os ciclistas do fundão (eu sou um deles), que sempre terminam no limite do prazo, se usarem uma bike top, leve, eficiente, terão "teoricamente" uma probabilidade maior de chegar dentro do tempo do que se estiverem com uma bike pesada e com menos eficiência mecânica. Ai sua analise é uma boa hipote a ser testada.

Dai entra um segundo fator citado pelo Daniel: depois dos 600km tanto faz..... será?
se vc levar 45h para fazer 600km com um gasto calórico de 10000 calorias ou levar 30h com um gasto de 8000 calorias só mudando o modelo de bike (hipótese totalmente maluca e com números chutados)?
Dai depois dos 600km não será tudo igual.
Então a analise dos dados de bicicletas reclinadas é bem interessante para ser testada como hipótese.

Agora esse teste de hipótese é ultra complicado de ser realizado em um PBP. Pois ele acontece em X anos, ele envolve uma logística super complicada.
Mas esse teste de hipótese pode ser repetido em escala menor, por exemplo trechos de 50-100km. Só mudando o modelo da bike, com o mesmo ciclista. De preferência pegar uns 4 tipos de bikes e alternar os testes. Digamos uns 4 testes com cada modelo de bike alternadamente ao longo de uns meses.

Mas esse teste de hipotese tb é complicado. tem a questão logistica. Quem tem 4 modelos de reclinadas em casa com materiais de quadro diferentes? kkkkkkkkk

É uma discussão bem bacana. Mas ainda acho que é uma discussão "marginal" que o mais importante é o ciclista estar ultra preparado para não ter que depender de detalhes para chegar no prazo. E só depender do desempenho dele.
abs
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/marcelomountain
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Ter Set 15, 2015 9:46 pm

É bem isso, Marcelo. Eu acho que a conversa começa por aí. Vou passar a elencar as outras questões, que na verdade é até uma coisa muito simples.

Sobre o carbono, não é q as bikes de carbono garantam que a pessoa vá completar ou que os pilotos de quadros de carbono é que sejam treinados. Mas sim que, em geral, os modelos em que se usa o material são 'otimizados' para racing, e acho que aí é que está uma certa questão de "cabeça-durismo" de quem fica enrolando e não assume uma bike verdadeiramente de estrada pra fazer audax, ainda mais quando se quer alçar vôos tão grandes como um PBP.

Estou falando isso vestindo um tanto de carapuça, tb, que já explico. Wink

Ser otimizado pro que chamo de racing é trabalhar com ângulos de assento bem deitados, de preferência sub-20 graus, ter uma distribuição de peso interessante entre as rodas, ter um baixo peso e uma rigidez satisfatória na transmissão. Fazer uso de componentes de linha de estrada a princípio ajuda, não só na transmissão mas também rodas e pneus. Dizem que há um  amortecimento pelo material do quadro mas não sei se chega a ser mais relevante do que a própria escolha por calibragens mais macias.

Ilustrando com uma troytec, mas valem quase todas da pág. anterior:



Como disse, os modelos de carbono (e tb os de alumínio) mais em uso lá no PBP primam por esses aspectos. As únicas duas bikes de carbono que vi lá que, a princípio, não vão tanto nessa direção, são a Lightning R-84 (cujo único ciclista não completou) e a tal LWB caseira (que completou em 89h). A Lightning até tem natureza estradeira, sim, provavelmente é levíssima e muito rígida, e o cara deve ter montado com excelentes componentes (quem tem dinheiro pra comprar um quadro desse fatalmente tem sobrando!), mas o perfil aero dela eu diria que é pra lá de ultrapassado. Provavelmente é uma excelente escaladora, e deve até ir bem em planos e descidas, mas com certeza fica pra trás nesse quesito de quaisquer outros modelos estradeiros, inclusive os de alu e mesmo aço. Ou seja, por um lado é uma bike que te ajuda bem, além de provavelmente ser bem confortável (apesar de que já li muitas queixas sobre a P-38 ser dura demais, não sei se a R-84 vai no mesmo sentido), mas não chega a ajudar tudo que poderia, penso eu. Olha ela aí:



Sobre as de alu, os modelos mais bem sucedidos foram justamente os mais de estrada: bacchetta
corsa, metabikes, performer high-racer, vendetta... Mas a bike pode ser de alu e não te ajudar
tanto, não pelo material, mas pq o cara vai e pega um modelo mais pra tour... das que estavam
lá eu citaria a Azub Max (duas foram e só uma completou), Performer Goal (que além de tudo 
parece ser pouquíssimo eficiente devido ao design ruim da suspensão), Traix Phantom (do cara
que fez em 99h).

Ilustrando com uma Vendetta:



Sobre as de aço, várias das que estavam primam por ser bem estradeiras, como a M5 low, a
Ratracer do Burrows, as Volae e até tb outras com um pezinho no tour que são a Nazca Fuego
e as duas Nazca Gaucho. Todos esses concluíram. Essas últimas são mais pesadas mas ainda 
admitem um perfil mais aero e uma montagem mais estradeira. Mas algumas lá não ajudam 
tanto, como as Flevo Racer que não são tão racer assim (uma não completou e a outra ainda 
chegou acima do limite, em 96h).

Ilustrando com a m5 low, q espetacular:



Sobre vestir a carapuça, vou falar do meu caso. Comecei fazendo audax com a Fox, que é uma bicicleta de tour por excelência, em 2012. Ainda hoje acho impressionante ter feito a série completa até o 600, pq pra estrada ela tem uma eficiência tipo MTB q, na minha opinião, é um trem medonho, comparando com o que pode ser feito em outras bicicletas... mas era a bicicleta q eu tinha e seria o mais lógico, era e é confortável e me possibilitava pedalar por horas sem problemas.

Em 2013 peguei a Meta mas ainda sem arriscar deitar tanto o banco (provavelmente por volta de 28 ou 30 graus) e em me liberar dos pneus marathon plus que são um caminhão de peso e lentidão. Acabei não terminando a série por razões extra-rendimento, q não vem a caso por aqui. Acho que ainda usava um bagageiro traseiro também.

Na série de 2014 eu encarei deitar um pouquinho mais o banco, pra casa dos 24, 25 graus, e passei pros marathon racer, um bocado mais leves, e terminei a série novamente até os 600, fazendo inclusive ótimos 300 e 400 em holambra, onde em certa ocasião penei um bocado pra terminar um 200 de Fox. Já não usava bagageiro mas sim uma bolsa que até pesa tanto quanto um bagageiro mas não tem o peso do alforje, já que ela é o próprio alforje.

A série deste ano eu fechei de novo e ainda absurdamente deitei o banco pra 17 graus dias antes do 600k. Inventei um encosto de cabeça e corri o risco. Não podia ter feito coisa melhor! Desde que dei essa radicalizada meus tempos melhoraram, acho a ergonomia excelente, inclusive uso pouco o encosto - nos pedais corriqueiros acho que mal uso. Há uns meses troquei os pneus por Kojaks e de novo continuo só baixando tempos.

Ou seja, sinto que só agora tenho uma bicicleta mais perto de ser verdadeiramente "de estrada". Pra ficar de estrada mesmo precisava colocar uns aros 700 (desde o início uso 26), mas testei por uma ou duas semanas e achei q 1) ficou meio duro pra usar com 700x28 e 2) deixou a altura do banco o tiquinho mais alto que chega a me prejudicar. Mas ainda quero testar de novo, principalmente pq tem um ou outro tempo meu aqui na região que até hoje não bati o recorde do teste com esses 700 (q era uns vnine da vzan bem basicões, com pneus nada especiais tb).

O que eu disse lá em cima sobre cabeça-durismo é exatamente isso. A gente fica meio resistente de mudar o que tá dando mais ou menos certo e não confiar em coisas que todo mundo faz pra facilitar ainda mais. Claro que nem tudo dá certo pra todos. Por exemplo, essa deitada extra do banco, q eu fiz duma vez de 24 pra 17 graus, eu temia perder muito em visibilidade e passar a sentir incômodo no pescoço. Não foi o que aconteceu. Acho que continuo enxergando mal à noite rsrsrs e no pescoço não tem problemas, sinto até que passei a escalar melhor (na verdade a melhora em vários tempos prova isso, talvez meu corpo funcione melhor com uma posição reclinada mais aberta, ao contrário do que muitos relatam que preferem mais fechadinho).

Nas reclinadas eu acho especialmente crítico pois não temos acesso a muitos modelos e não temos tantas referências assim. Aí a pessoa começa (e continua!) a fazer audax com a bike que ela tem, que ela pôde comprar, que indicaram... E, por vezes, mesmo estando muito interessado, não se dedica a "investir", como vc comentou sobre quem treina de verdade, em geral, estar interessado em investir num quadro mais caro, por exemplo. Acho super normal ver gente que gastou mundos e fundos numa bike convencional, e não percebo tantos colegas reclineiros dispostos a gastar uns belos tostões numa recli bacana. Às vezes gasta num ou outro componente exótico, mas não num quadro que poderia ser mais adequado pro que a pessoa quer e gosta.

PS: Apesar de na reclinada ser mais crítico, a gente vê algum cabeça-durismo em bike normal, tb... Por exemplo, tem gente que foi pro PBP de MTB!!! Serião, eu acho isso ideia fixa, e das ruins... por mais que a pessoa ache confortável, não pode ser confortável gastar mais tempo do que o necessário em cima do selim.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2241
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Qua Set 16, 2015 8:28 am

Nino, se você acha que a Meta fica muito alta com rodas 700c, que tal 650c?  Um garfinho 650c e um par de rodinhas de carbono chinesas, heim?  cyclops cyclops cyclops  Fica até mais baixa.

Ou Schwalbe One nas rodas 26" mesmo. Se bem que esses freios a disco não combinam, né? Também pode ser garfo 650c com rodas 26". Acho que dá para fazer fácil um "brake bridge" de carbono para a Meta.

Por tudo que você disse, depreende-se que, enquanto conversamos, há uma caixa grande (e leve!) a caminho de Itabira/MG?   Suspect
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Qua Set 16, 2015 12:30 pm

Mordaz escreveu:
Nino, se você acha que a Meta fica muito alta com rodas 700c, que tal 650c?  Um garfinho 650c e um par de rodinhas de carbono chinesas, heim?  cyclops cyclops cyclops  Fica até mais baixa.

Quando eu fiz o teste com 700c eu usava ainda outro garfo dianteiro, que ainda era mais alto, estilo MTB. Hje em dia estou com um de cyclocross da Nashbar que baixou um pouquinho a altura, mas com certeza menos que um 700c legítimo ou mesmo um 650.

Sei que em geral a gente não troca tanto de equipo, mas me preocupa usar uma medida de roda e pneus tão rara como o 650c. Nesses 13 mil km troquei apenas a roda traseira e usei 3 tipos de pneus.

Mordaz escreveu:

Ou Schwalbe One nas rodas 26" mesmo.  Se bem que esses freios a disco não combinam, né?  Também pode ser garfo 650c com rodas 26".  Acho que dá para fazer fácil um "brake bridge" de carbono para a Meta.

Não acho que minha ideia seria usar algo tão roadish como um schwalbe one, apesar da minha defesa do "estradismo". Se colocar 700c minha ideia seria usar uns Continental GP não sei das quantas 700x28, ou mesmo o Durano.

Vc vê, estou resistente!!

Mordaz escreveu:
Por tudo que você disse, depreende-se que, enquanto conversamos, há uma caixa grande (e leve!) a caminho de Itabira/MG?   Suspect
Ôxi, nem tinha pensado nisso! Acho q vc depreendeu coisa demais!  drunken Carece de um pouquinho mais de treino e de reserva$ para um próximo UP...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2241
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Qua Set 16, 2015 1:08 pm

ninocoutinho escreveu:
Quando eu fiz o teste com 700c eu usava ainda outro garfo dianteiro, que ainda era mais alto, estilo MTB. Hje em dia estou com um de cyclocross da Nashbar que baixou um pouquinho a altura, mas com certeza menos que um 700c legítimo ou mesmo um 650.

Lembro de um cara do BROL que comprou um garfo china para freio a disco que tinha a mesma distância "axle to crown" que um garfo 700c comum.  E barato!


ninocoutinho escreveu:
Não acho que minha ideia seria usar algo tão roadish como um schwalbe one, apesar da minha defesa do "estradismo". Se colocar 700c minha ideia seria usar uns Continental GP não sei das quantas 700x28, ou mesmo o Durano.

GP4000S ?  De fato, agora também tem de 28 mm.


ninocoutinho escreveu:
Ôxi, nem tinha pensado nisso! Acho q vc depreendeu coisa demais!  drunken Carece de um pouquinho mais de treino e de reserva$ para um próximo UP...

E eu achando que estava adivinhando...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1240
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   Qui Set 17, 2015 9:12 pm

Achei um album de fotos muito bom Very Happy , com várias das reclis comentadas:

https://drive.google.com/folderview?id=0B-F6x1KLS-gvamwyeWxtbHhIUTQ&usp=sharing

Tem foto da Leonor e duas do Daniel, tb. Vários pequenos vídeos que seriam muito interessantes de ver, mas a resolução é totalmente insatisfatória... No
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Reclinadas no PBP 2015   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Reclinadas no PBP 2015
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Got Talent Portugal [2015]
» [Imagens] Seiya de Pegaso com Armadura Divina
» Naruto vai ganhar peça de teatro em 2015
» Mar Salgado
» Jardins Proibidos [IV]

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Ciclismo reclinado geral-
Ir para: