InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Minha Rans V2

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Marco Di Martino

avatar

Mensagens : 248
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Minha Rans V2   Qui Jan 06, 2011 12:38 pm

Pessoal

Já faz mais de um ano que eu montei minha Rans V2 e até agora eu não havia feito um post pra ela aqui no Reclifórum. O motivo é que eu queria chegar a uma configuração definitiva para a bike e só consegui isso após um ano de muito mexe-remexe. Bem, eis aqui o post.

Quando comprei a bike, eu conhecia apenas a experiência de andar na minha Zöhrer EXD e em bicicletas convencionais. Por isso, levei tanto tempo até descobrir o formato e o modo de pedalar apropriados para o que eu queria da minha nova bike.

O começo

Em função da flexibilidade de opções que a Rans V2 oferece, tratei logo de fazer o que sempre quis com a EXD e que, até então, não conseguira: colocar um pneu robusto (3.0) na traseira e uma roda 24 na dianteira, investindo em uma configuração particular e única. Foi a primeira de minhas muitas configurações.

Foto: cortesia de Artur Elias:
[img]http://img22.imageshack.us/img22/1945/ransv2f26.jpg][img]

Não demorou muito pra sentir que minha nova bike era sensivelmente mais pesada do que minha Zöhrer EXD. Atribui a diferença à posição de pedalada. Tentei, então, através de improvisação, reproduzir o ângulo de pedalada que eu tinha na EXD (que sempre me pareceu e me parece perfeita), colocando, inicialmente, uma mochila com um travesseiro dentro para elevar o assento.

Foto: cortesia de Artur Elias:


E assim, fui, ao longo de 2010, tentando os mais diversos modos de configurar a Rans de forma particular, alternando tamanhos de rodas, espessura de pneus, altura do assento e inclinação do encosto. Ao final de tudo, ainda insatisfeito, desisti dos formatos alternativos e retornei à orientação padrão da Rans, mas não para Fórmula 26 e sim para o modelo original de V2 (26x20). Para isso, bastou substituir o garfo original de 26" por um de 20" que encomendei diretamente da fábrica da Rans. O resultado foi o óbvio "bem bom".














Prós & Contras

Resumidamente, os prós e contras de uma Rans V2 com base em minhas experiências e no meu entender são:


Prós bom

1- Tem um design demolidor pra quem gosta de estilos que se aproximam do chopper (aqui ficam minhas desculpas aos reclinados que não gostam de moto, mas a semelhança é inegável!!!).

2- Em se tratando de uma LWB, ela não é das mais longas - cabe em elevador sem maiores problemas no formato 26x24 (nunca tentei o 26x26...).

3- É leve e rápida nas configurações 26x20 e 24x20, quando otimizada em pneus e ajustes particulares para o formato do biker.

4- O sistema de altura do encosto é muito bem bolado, sendo fácil de subir e descer suas graduações.


Contras No

SUBIDAS

A gente sofre mais do que na Zohrer EXD, por exemplo. Mas é perfeitamente suportável. Eu, como gosto de experimentar soluções pra otimizar as coisas, até tentei, mais recentemente, colocar um calço no banco levantando-o 5cm pra facilitar nos aclives. Funcionou legal, mas comecei a sentir o joelho. Então encurtei o pedivela de 175 para 152 mm e resolvi o problema do joelho, mas minha pedalada perdeu tanto rendimento que cheguei a pagar mico em passeio coletivo. Voltei com o pedivela anterior e reduzi o calço de 5 para 3cm, mas o rendimento continuou inferior ao que era, então retirei o calço totalmente e voltei ao formato original de V2 (mas não de Formula 26). E a bike voltou a voar de novo.


DUREZA

Trepida mais do que deveria. Não é uma bike macia naturalmente (talvez o formato do quadro de alguma maneira favoreça não absorver a vibração). Com pneu Continental 1.75 e espuma no encosto, esse problema não me incomodou mais.

PESO

Quadro levíssimo, mas curiosamente é pesada no pedalar com roda grande na dianteira. Como a configuração com roda 24" na dianteira funcionou menos do que com roda 20", nem experimentei a configuração sugerida pela Rans que seria com uma roda dianteira maior ainda(26").
Outro aspecto negativo da configuração 26 x 26 segundo o pessoal que fez review pela Internet, foi a estabilidade ruim em baixa velocidade.


ASSENTO

O assento vive escorregando pra trás, mesmo que a gente aperte bem os parafusos. Tive que colocar uma chapa de dobradiça improvisada entre o assento e o final do trilho pra impedir que o assento deslize para trás e aumente a distância dos pés para os pedais.


FORRO e ESPUMA

Não é muito fácil apertar a capa/forro do encosto, uma vez que não possui fivelas com furinhos e funciona com amarras do tipo "mochila" que acabam cedendo e ocasionam o contato das costas com as barras da estrutura do encosto. Tive que substituir o bolso interno da capa por um mais longo e inserir espuma em seu interior para impedir o contato das costas com a estrutura do encosto.

A espuma do banco se deteriora fácil (a parte traseira da esquerda está se despedaçando). Para evitar que se decomponha mais, penso em uma capa resistente onde a espuma fique comprimida. Quando a espuma da parte traseira diminui, acaba exigindo, mais uma vez, que o forro do encosto esteja ainda mais apertado pra não acabarmos sentando no vão entre o assento e o encosto. A gente não cai, mas é desconfortável e à medida em que a capa do encosto vai afrouxando fica pior ainda.



Final

Não me arrependo de ter feito as experimentações, pois fiz o que queria e aprendi o que tinha que aprender. Demorei, mas consegui satisfação e não precisei vender minha Rans. Hoje, qualquer outra compra de bike de minha parte (ou do quadro de uma Stratus XP, por exemplo), seria, mais uma vez, apenas obsessão e capricho.



Saudações!


(C)LWBs to death!


Marco Di Martino






Última edição por Marco Di Martino em Qua Fev 27, 2013 5:11 pm, editado 7 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1239
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Sex Jan 07, 2011 11:35 am

Levando em consideração minhas declarações em alguns dos meus últimos posts, tenho q dar o braço a torcer: que beleza de bike! Laughing

Acho q elas ficam mais bonitas em situações reais, do q naquelas fotos com fundo branco. Por isso q tb não achava as Bacchettas bonitas; hje dpois de ver mais imagens verdadeiras, já acho bem mais atraentes.

Considero uma coragem - pois mostra q a pessoa está disposta a tudo - buscar uma bike (ainda mais desse tipo) no exterior. Apesar de eu não querer enfrentar nada do tipo, vc precisou de coisas até simples, como encomendar um garfo original e fazer várias adaptações em relação ao assento. Isso sem a proximidade de uma loja ou revenda específica.

Agora, imagino se fossem coisas mais sérias, q nhaca podia dar?

Só aqui no Brasil, com nossos poucos dispostos fabricantes, já acho as distâncias, se não proibitivas, "atrapalhativas". Os caras mais pertos de mim seriam o Arthur e o Pedro, a uns 600 km de casa. O Davilson tá a uns 800, e o Klaus, a 2000. Apesar de q, com interesse mesmo, viajaria até pra Manaus pra buscar o q fosse! Ainda mais com as transportadoras fazendo tantas cacas. Só q States acho meio demais...

Se com o tempo eu gostar mesmo da coisa (e tudo está indicando q sim!) penso em, num futuro a médio prazo, conseguir trazer uma bike europeia pra mim. Mas eu preferia conhecer pessoalmente os modelos q me interessam e andar em todos, pra poder escolher com consciência. Preciso tb descobrir o q é possível: eu trazer como minha bagagem, alguém do Brasil mesmo trazer como bagagem, ou algum gringo trazer como sendo bike dele, de repente já usada, e "largar" por aqui comigo hehehe (podia ser usada, mesmo, vira e mexe faço uma busca de liegerad no e-bay alemão pra ver se tem alguma oferta tentadora!)

Já li até um pouco sobre o assunto das possibilidades de importação mas minha memória não guardou nada!! geek

Isso tudo, claro, se eu não me sentir plenamente satisfeito com minhas brazucas! Tlvz seja como o Marco falou: outra compra de bike seria "obsessão e capricho".

Me resta uma pergunta: q tipo de uso vc faz dela, Marco? treino, passeio, commuting, curtir uma onda, ciclotour ou um pouco de tudo? Qndo vc sai pra pedalar, o q te faz escolher a EXD ou a Rans?

Saudações pra vc também!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marco Di Martino

avatar

Mensagens : 248
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Sex Jan 07, 2011 2:42 pm

ninocoutinho escreveu:
vc precisou de coisas até simples, como encomendar um garfo original e fazer várias adaptações em relação ao assento.

Bem, na verdade, eu tive "problemas" por ter comprado quando ainda estava "verde" em termos de experiência; por ter tido um teste drive muito fraco e por não ter sido bem orientado pela pessoa que me atendeu em minha escolha na loja. Sem contar que eu não sabia, logo que montei a bike, como pedalar direito em uma bike com um pedivela tão alto (tem que reclinar mais). Então, comecei a tentar transformar minha V2 em EXD e aí a coisa não prestou. Daquele lance de levantar o banco, por exemplo, eu desisti, pois reclinar mais possibilita não chegar com a coxa tão próxima do peito quando se pedala, melhorando bastante o conforto.

ninocoutinho escreveu:
q tipo de uso vc faz dela, Marco? treino, passeio, commuting, curtir uma onda, ciclotour ou um pouco de tudo? Qndo vc sai pra pedalar, o q te faz escolher a EXD ou a Rans? Saudações pra vc também!

Pois é, inicialmente, eu deixava as pedaladas que exigiam mais para a EXD e a Rans pra passeios onde a exigência fosse menor. Hoje, tendo eu descoberto o potencial da V2, a coisa se inverteu.

Bem, a idéia já não é mais ter duas bikes do mesmo tipo e sim o oposto. A V2 com o aro 20 na frente fica pra arrancadas rápidas e velocidade e a EXD vai ficar com o aro 24 na frente pra passeios ou situações mais tranqüilas, onde seja mais útil sua característica de bike mais alta. Descobri, por exemplo, que posso levar meu baixo na EXD, por ser mais alta.

Eu procuro usar minhas bikes sempre que posso, pois pedalá-las tornou-se o que mais gosto de fazer em tempo livre. Mas tenho minhas limitações: nunca pedalei mais de 70 kms em um dia e não me aventuro a passeios que excedam a isso. Sei que tenho que me aventurar mais, mas busco as oportunidades certas, visto que não pedalo pra "botar os bofes de fora", não tenho ambições esportivas e o que eu quero e gosto é desfrutar o conforto das bikes e dos passeios. Não me considero ciclista e sim "bicicleteiro" e não tenho nada contra quem queira para si o contrário.

Até mais e obrigado por estar prestigiando este post!









Última edição por Marco Di Martino em Dom Jan 09, 2011 2:54 pm, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1239
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Sab Jan 08, 2011 7:11 pm

Marco Di Martino escreveu:
Eu procuro usar minhas bikes sempre que posso, pois pedalá-las tornou-se o que mais gosto de fazer em tempo livre. Mas tenho minhas limitações: nunca pedalei mais de 70 kms em um dia e não me aventuro a passeios que excedam a isso. Sei que tenho que me aventurar mais, mas busco as oportunidades certas, visto que não pedalo pra "botar os bofes de fora", não tenho ambições esportivas e o que eu quero e gosto é desfrutar o conforto das bikes e dos passeios. Não me considero ciclista e sim "bicicleteiro" e não tenho nada contra quem queira para si o contrário.
Oi Marco, acho q na primeira vez q li ainda não tinha esse último parágrafo (ou lerdiei) - curioso, eu nunca tinha pedalado mais de 45 km nem numa bike normal, e hje, ainda iniciante, enfrentei esses 70 aí q vc falou! Mas foi numa lerdeza absoluta: na ida fui bem, já na volta, cheguei a dormir numa lanchonete de beira de estrada hahaha eu tinha almoçado havia umas duas horas e pouco e, misturado com o calor, tava sentindo aquele 'bode' pós-rango... deitei num banco, fazendo capacete e chapéu de travesseiro, e dormi tranquilo ouvindo um pagodinho do som ambiente hahaha!! Pior q valeu a pena mesmo, se eu não tivesse parado ali mais à frente não teria nenhuma sombra semelhante.

Mas o q eu queria dizer era q eu tenho algumas ambições esportivas com a recli não pelo esporte em si, mas pra tornar mais prazeiroso esses passeios - rendendo mais, a gente sofre menos. Tipo, hje, apesar de eu ter ido de reclinada e curtido esse estaile de viagem, se eu tivesse ido na minha MTB tenho certeza q (isso hoje em dia) teria me cansado muito menos e feito em bem menos tempo - cuja vantagem, no caso, seria evitar o sol, q estava castigante! E de recli senti q fica mais exposto ao sol ainda (preciso passar um exagero de filtro solar!), e qndo vc senta no banco dpois de empurrar um pouco, o encosto tá fervendo!

E tenho achado legal a ideia de evoluir atleticamente na reclinada pq acho q o exercício é muito mais completo do q numa bike convencional. Já li muita gente falando q passou a pedalar melhor nas convencionais dpois de ficar mais expert nas reclinadas.

Mais uma pergunta:
Marco Di Martino escreveu:
Descobri, por exemplo, que posso levar meu baixo na EXD, por ser mais alta.
Vc consegue explicar como? É atrás do banco, como se vc estivesse levando-o andando, ou ao longo do quadro?

Saudações!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marco Di Martino

avatar

Mensagens : 248
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Sex Jan 14, 2011 11:54 am

ninocoutinho escreveu:
Mais uma pergunta:
Marco Di Martino escreveu:
Descobri, por exemplo, que posso levar meu baixo na EXD, por ser mais alta.
Vc consegue explicar como? É atrás do banco, como se vc estivesse levando-o andando, ou ao longo do quadro?

É ao longo do quadro. Pela alça pequena de mão da capa do baixo, penduro o instrumento na blocagem do trilho do banco, deixando o braço paralelo à roda traseira e apontando para trás. Em princípio, o peso do instrumento acaba fazendo o próprio equilíbrio dele.
Eu apenas coloquei, não cheguei a andar na bike assim, mas acho que funciona. Tú também poderias tentar, pois um violão é menor e mais leve do que um baixo elétrico...

Até mais!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
Mordaz

avatar

Mensagens : 2239
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Seg Jul 16, 2012 2:55 pm

Prezado Marco,

Eu queria lhe perguntar umas coisas sobre essa sua Rans Formula e até ia fazê-lo via mensagem privada, mas ao reler o tópico, mais especificamente a parte sobre o banco ficar sempre escorregando para trás, resolvi ressuscitar o tópico de uma vez.

Quanto ao problema do banco escorregar, não sei se você sabe, mas a Rans tem uma peça chamada Memory Lock, originalmente concebida para marcar a posição do banco para facilitar sua recolocação na mesma posição, mas que também serve para ajudar a travar o banco.



Mas o que eu queria perguntar está relacionado ao quanto é possível avançar o banco para frente e à altura do banco nessa posição mais avançada. A informação no site da Rans parece estar incorreta.

Nesta página dizem que é 25". Neste artigo dizem que é 21,9". Talvez essa diferença se deva ao tipo de banco usado. Você poderia medir a altura do tubo principal do quadro na posição em que o trilho termina à frente?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Marco Di Martino

avatar

Mensagens : 248
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Seg Jul 16, 2012 5:37 pm

Claro que posso medir, Mordaz! Com prazer... Mas não esquece que apesar de eu ter uma Rans V2 Fórmula 26, eu uso aro 20 na dianteira como na configuração anterior da V2. Inclusive, mandei vir dois garfos pra aro 20 lá da Rans pelo correio. Botei um garfo nela e outro na EXD. A gente não pode esquecer que quanto maior a roda dianteira, mais alto fica o pedivela e o quadro...

Depois que eu medir te retorno...

Obrigado pela indicação da pecinha da Rans. Ela parece grande pela Internet, mas é tão pequena que não sei se vai impedir que o banco escorregue no trilho... Mesmo que se coloque parafusinhos o trilho não tem furos para que eles encaixem ali e deixem a peça presa... Vai ter que ser na pressão mesmo...
Comprei há algum tempo e nem coloquei ainda... Não estou levando fé e já havia descoberto outra forma de calçar o banco.

Abraço!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
Mordaz

avatar

Mensagens : 2239
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Seg Jul 16, 2012 6:47 pm

Marco Di Martino escreveu:
Claro que posso medir, Mordaz! Com prazer... Mas não esquece que apesar de eu ter uma Rans V2 Fórmula 26, eu uso aro 20 na dianteira como na configuração anterior da V2. Inclusive, mandei vir dois garfos pra aro 20 lá da Rans pelo correio. Botei um garfo nela e outro na EXD. A gente não pode esquecer que quanto maior a roda dianteira, mais alto fica o pedivela e o quadro...
Pensei também em experimentar as duas configurações, garfo/roda 20" e 26". Na verdade, nem seria eu a experimentar, mas a Leonor.

Dentre as reclinadas da Rans, a que mais me atrai é a Xstream. Pensei na Formula como uma opção melhor para ela, pois a Xstream é enorme de comprida (embora seja bem baixa).

Como ficou a EXD com o garfo 20" da Rans? Melhor que com o garfo original? A Leonor tem uma EXD com um garfo "custom" que fiz a partir de um garfo de aço. Aumentei bem o offset e ficou parecido com o garfo da Rans. Pergunto as suas impressões porque eu mesmo não pude experimentar, já que não caibo na EXD da Leonor.

Marco Di Martino escreveu:
Obrigado pela indicação da pecinha da Rans. Ela parece grande pela Internet, mas é tão pequena que não sei se vai impedir que o banco escorregue no trilho... Mesmo que se coloque parafusinhos o trilho não tem furos para que eles encaixem ali e deixem a peça presa... Vai ter que ser na pressão mesmo...
Comprei há algum tempo e nem coloquei ainda... Não estou levando fé e já havia descoberto outra forma de calçar o banco.
A sua Formula usa o V-clamp em vez do RadLock, não é? Olha só o que o Randy Schlitter tem a dizer sobre como apertar o V-clamp:
Citação :

Tigthen the top bolts

If you do not want the v-clamp to slip you need to tigthen the top bolts, there is no tourqe call out, but they are 8mm and very tough to strip. The design of the clamp allows a user to fix the clamp tight and still remove the seat in seconds via the quick pins. If you have the top bolts tight and it still slips even with a tight QR, look to see if there is still a gap on the top. If the halves are touching you can take it apart and sand down the touching faces to gain more clearance, thus more clamping force. This would be a rare case if you need to do any sanding down of the clamp halves.

We debated over using the Volae system, which is from the Vison bikes, and went with our V-Clamp for a lower seat height and faster seat removal. The V-clamp develops several hunderd pounds of clampling force when properly deployed and should not be slipping if adjusted correctly.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Mordaz

avatar

Mensagens : 2239
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Seg Jul 16, 2012 6:49 pm

Mais uma pergunta: Ambos os garfos 26" e 20" que você experimentou são do tipo com rosca?
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Marco Di Martino

avatar

Mensagens : 248
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Seg Jul 16, 2012 7:52 pm

Mordaz escreveu:
Mais uma pergunta: Ambos os garfos 26" e 20" que você experimentou são do tipo com rosca?

São do tipo rosca, na bitola do garfo que vem com a EXD, só que com off-set diferente...

O Olavo preferiu a estabilidade do garfo original da EXD, quando ele andou depois que eu coloquei o garfo da RANS. Eu, depois de ter visto o garfo da Rans na EXD, não senti nada que deixasse a desejar em termos de estabilidade e observei que a estética, para o meu gosto, ficou infinitamente melhor...

Acho que o que eu tenho é o RADLOCK, pois não tem nada do tipo prendedor de clip, acoisa é parafusada mesmo. O cara tem que apertar bem, tanto os parafusos do anel que faz o "grip" no quadro, quanto a manivelazinha pra não escorregar.

By the way, tenho planos de vender o quadro da minha V2 e mandar vir um quadro de XP...

Sem dúvida, a XStream é bem mais esportiva do que a V2, mas a V2 também foi projetada pra perfis esportivos... Tanto a Formula 26 quanto a V3...

Abraço!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
Mordaz

avatar

Mensagens : 2239
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Seg Jul 16, 2012 9:13 pm

Marco Di Martino escreveu:
O Olavo preferiu a estabilidade do garfo original da EXD, quando ele andou depois que eu coloquei o garfo da RANS. Eu, depois de ter visto o garfo da Rans na EXD, não senti nada que deixasse a desejar em termos de estabilidade e observei que a estética, para o meu gosto, ficou infinitamente melhor...
Que "estabilidade"? O garfo original da EXD tem pouco offset e o trail resultante é um tanto excessivo. Teoricamente o garfo da Rans deveria ficar melhor na EXD. Pelo menos a tendência de a roda dianteira "tombar" para os lados deve ter diminuído, não?


Marco Di Martino escreveu:
Acho que o que eu tenho é o RADLOCK, pois não tem nada do tipo prendedor de clip, acoisa é parafusada mesmo. O cara tem que apertar bem, tanto os parafusos do anel que faz o "grip" no quadro, quanto a manivelazinha pra não escorregar.
Radlock:


V-clamp:


Por um acaso, tenho um V-clamp que adquiri para uma "homebuild" que não saiu do papel.

Marco Di Martino escreveu:
By the way, tenho planos de vender o quadro da minha V2 e mandar vir um quadro de XP...
Pelos seus posts, percebe-se que a sua preferência é por pedivela mais baixa que o assento. Caso você resolva vender, entre em contato comigo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
xamã

avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 04/03/2011
Idade : 52
Localização : Pantanal MS

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Seg Jul 16, 2012 9:31 pm

bela reclinada!!! Cool

...mas não pude deixar de registrar o que o Nino falou naquela época:
ninocoutinho escreveu:
... eu nunca tinha pedalado mais de 45 km nem numa bike normal, e hje, ainda iniciante, enfrentei esses 70 aí q vc falou! ...na volta, cheguei a dormir numa lanchonete de beira de estrada hahaha...

quem diria, hein? Laughing
abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marco Di Martino

avatar

Mensagens : 248
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   Ter Jul 17, 2012 11:46 am

Marco Di Martino escreveu:
O Olavo preferiu a estabilidade do garfo original da EXD, quando ele andou depois que eu coloquei o garfo da RANS. Eu, depois de ter visto o garfo da Rans na EXD, não senti nada que deixasse a desejar em termos de estabilidade e observei que a estética, para o meu gosto, ficou infinitamente melhor...

Mordaz escreveu:
Que "estabilidade"? O garfo original da EXD tem pouco offset e o trail resultante é um tanto excessivo. Teoricamente o garfo da Rans deveria ficar melhor na EXD. Pelo menos a tendência de a roda dianteira "tombar" para os lados deve ter diminuído, não?

Como não coloquei o garfo original da EXD de volta pra sentir a diferença depois de já ter me acostumado com o garfo da Rans, vou ficar te devendo essa informação. Mas devo admitir que todos os tombos que tive com a EXD foram com o garfo original. Faz tempo que não caio com ela... O prazer de pedalar a EXD com a mudança de garfo não teve mudança significativa. Pelo contrário, ela ficou muito mais bonita para o meu gosto...

Mordaz escreveu:
Por um acaso, tenho um V-clamp que adquiri para uma "homebuild" que não saiu do papel.

O que eu tenho é esse, da segunda foto... o "V-Clamp", então...

Mordaz escreveu:
Pelos seus posts, percebe-se que a sua preferência é por pedivela mais baixa que o assento.

Sim, tanto é que meu impulso original quando experimentei a Rans (do meu avatar) e a Raven (Cycle Genius) foi a de ficar com a Raven, a questão é que a pressão do vendedor, o acabamento da Rans e minha mania de "quanto mais chopper melhor..." fizeram com que eu optasse pela Rans.

Mordaz escreveu:
Caso você resolva vender, entre em contato comigo.

Sim, a idéia é me desfazer do quadro da V2, após tê-lo substituido pelo da XP. Mas antes tenho que, no mínimo já ter delineado a compra do quadro da XP pra não acabar ficando sem ao menos um dos dois...

Ainda te devo a medida... Se eu demorar, insiste comigo que poderá ser esquecimento da minha parte.

Meu e-mail martyno@terra.com.br.

Valeu!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Minha Rans V2   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Minha Rans V2
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Vendo parte da minha coleção
» Mais alguns kits da minha coleção.
» A minha chegada...
» A Minha Colecção - Ruben
» Vendo Minha coleção!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Faça você mesmo-
Ir para: