InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ZÖHRER

avatar

Mensagens : 392
Data de inscrição : 23/05/2009
Idade : 50
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Seg Mar 21, 2011 6:01 pm

Vocês devem estar se perguntado porque criei esse tópico.
E a resposta é simples, as dificuldades, quase todos que praticam ciclismo de longa distância conhecemos, sendo pior para os que fazem longas distâncias usando as bikes chamadas tradicionais.
Neste final de semana ocorreu um Audax de 300km no Rio de janeiro na região de Rio das Ostras.
Foram no total 63 ciclistas dos quais 5 reclinadas, todas Zöhrer, e com diferentes configurações e modelos pilotados por pessoas de diferentes biotipos.
Das 5 reclinadas apenas 3 comletaram, tivemos uma lamentável queda da Leonor ( única mulher com reclinada do Audax de 300km)e uma desistência por problemas técnicos( furos no pneu).

A grande preocupação dos ciclistas foi o fato de se pedalar à noite, que para reclinadas se mostrou uma vantagem por um lado e desvantagem por outro.
As vantagrens em se pedalar à noite de reclinada:
Normalmente em uma prova de dia o reclineiro sofre com o sol, uma vez que a posição reclinada aumente a área de insolação sobre o corpo( bom para quem quer se bronzear), sendo que quanto mais deitada a posição de pedalar pior.Esta é a razão de se pedalar sempre que possível com calças compridas e camisas de manga comprida isso minimiza os efeitos de perda de água e possíveis desidratação.E é claro recomenda-se usar viseiras de capacete maiores.
À noite a temperatura costuma cair, e área frontal menor de uma reclinada diminuem a sensação térmica de frio.
Com o ar mais frio os arrasto aerodinâmicos aumentam, uma vez que a densidade do ar aumenta, com isso as reclinadas levam vantagem novamente por serem mais aerodinâmicas, o mesmo vale para as situações de vento contra.
À noite a visibilidade geral cai, e como nas reclinadas existe uma visão periférica melhor percebemos melhor o que acontece em volta.Sendo que reclinadas que usam o guidom em baixo ou abaixo do banco USS a visão à frente se torna melhor ainda, assim como para a bikes reclinadas onde se pedala mais eretos com guidom em cima e pedal baixo.
Durante esta prova existiam vários trechos com buracos e pelo menos em quatro eu acabei caido, alguns ciclistas caíram e se machucaram e outros mais sortudos só furaram o pneu com o impacto( em geral as rodas 700 com pneus 25).Como estava em uma reclinada LWB baixa( Zöhrer Capoeira 26x26)não tive dificuldades em controlar a bike nos buracos surpresa.Acredito que bikes reclinadas com rodas grandes ou com susp.seriam mais seguras nestas condições.
Usei o programa de simulação do site:
http://www.walterzorn.de/english/espeed.htm
Nele fica fácil ver a grande vantagem em se usar uma bike reclinada em provas de longa distância e duração.
Por exemplo:
Eu que sou um atleta que tem 1,87m de altura, 78kg e usei uma bike reclinada com 18kg( 16 da bike mais 2kg água, comida e ferramentas e cameras sobressalentes)
Fiz o Audax de 300km em 15horas, sendo que as paradas em PC"s somaram 1:15hora, logo pedalados foram 13:45h.média de 21.9km/h

Em 300km com uma reclinada de 18kg, mantive uma potência de 60W, e queimei-3213Kcalorias.

Se tivesse usado um bike Speed, com 9.5kg, teria mantido uma potência de 93W e queimando 4980kcalorias

E usando uma MTB de 12kg com pneos sliks de alta pressão 1.0 teria de manter uma potência de 112W e queimando 5997kcalorias.

Traduzindo fiz muito mais com muito menos:
Menos cansaço, menos esforço e menos stress!
E muito mais diversão!!



Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://zohrer.com.br
Rocca



Mensagens : 57
Data de inscrição : 21/03/2011
Idade : 53
Localização : São José do Rio Preto - SP

MensagemAssunto: Interessante colocação   Seg Mar 21, 2011 7:22 pm

Interessante sua colocação Pedro.
Sou novo neste fórum e estou tentando aprender um pouco mais sobre as bikes reclináveis...
Já te mandei um e-mail, pelo seu site, mas ainda não tive resposta.
Gostaría de pedalar grandes distâncias, mas tenho hérnia de disco lombar e cervical e estou querendo opnião de quem usa as reclináveis, sobre que tipo de reclinável forçaria menos a coluna lombar e também o pescoço.
Pra mim, a questão do conforto vem antes do desempenho, caso contrário não conseguirei passar dos 20 km.
Pra finalizar, gostaria de saber se a configuração 20/26 seria melhor que a 20/20 para o meu caso particular.
Obrigado a todos.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Edson

avatar

Mensagens : 14
Data de inscrição : 14/09/2009
Localização : São Paulo

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Seg Mar 21, 2011 7:45 pm

Maravilha!!!

Estou construindo uma reclinada com a intenção de percorrer longas distâncias,inclusive audax, e esse tópico me animou mais ainda.

Valeu ZOHRER!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ZÖHRER

avatar

Mensagens : 392
Data de inscrição : 23/05/2009
Idade : 50
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Seg Mar 21, 2011 8:04 pm

Olá Rocca,
As respostas pelo e-mail do site estão demorando um pouco, estamos mudando tudo , desde o site até o sistema de respostas.
Apesar do tópico ser sobre ciclismo de longa distância, vai aí algumas dicas.
Em geral problemas de coluna tem suas peculiaridades e os estilos de reclinada também.
Os problemas de lombar podem ser minimizados com um banco bem adaptado ao seu problema assim como o problema na cervical.
No grupo Zöhrer na yahoo existem várias pessoas com problemas semelhantes que recorreram as reclinadas Zöhrer como alternativa.
Caso vc queira trocar idéias com elas basta entrar no grupo.
Mas apenas para adiantar, muitas delas usam o modelo EXD 20x26 e outras para melhorar o conforto alteraram o estofado do banco original para atender melhor a disfunção específica que tinham na coluna.
Eu mesmo tenho um desvio no Cóccix, e uso todos os modelos, desde os que usamo banco mais ereto e pedal baixo , até os modelos mais esportivos com banco mais deitado e pedal alto.
O uso de rodas 20x20, 26x20, 700x700 etc. afetam a dirigibilidade assim como o conforto no que se refere aos impactos, tudo isso influenciado é claro também pelos tipos de pneus e pressão e o entre eixos da bike.
O melhor seria testar para ver em qual vc se sente mais confortável.
Eu que sou alto( 1,87m) prefiro bikes onde eu não fique sentado em cima da roda, e sim entre eixos, e sempre que possível roda traseira grande( performance), ou pequena com pneus largos (conforto).Bikes com susp. traseira como a antiga 20x20 Tour Around também são boas mas aumentam o peso total da bike e eficiência nas subidas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://zohrer.com.br
Mordaz

avatar

Mensagens : 2241
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Ter Mar 22, 2011 4:51 am

Esse audax predominantemente noturno me fez reavaliar o que considero o VPH mais indicado para provas à noite.

Uma reclinada tipo Easy Racers Tour Easy, com seu banco mais vertical, deve ser mais segura que uma high-racer de banco bem deitado, por exemplo. O problema é que me custa abrir mão da vantagem aerodinâmica e do conforto que, na minha opinião e preferência pessoal, a posição mais deitada proporciona.

Uma outra alternativa que me ocorreu seria um triciclo tadpole com o banco extremamente reclinado, tanto quanto nas low-racers mais radicais (faixa de 17 a 20 graus). Assim, o que se perderia com o aumento da resistência à rolagem (com as três rodas de diâmetro menor) seria amplamente compensado pela aerodinâmica superior. A visibilidade à frente não seria lá muito boa, mas a segurança contra quedas seria muito maior.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Marcus Del Mastro

avatar

Mensagens : 899
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 43
Localização : Sorocaba - SP

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Qua Mar 30, 2011 9:36 pm

Pitacos de Marcus... What a Face

Vantagens nas grandes distâncias!

A meu ver as reclinadas (2 rodas) sempre tem vantagens de performance. Se um dos pontos fundamentais delas é aerodinâmica superior, quanto maior a velocidade, maior a vantagem, já que a resistência do ar aumenta proporcionalmente ao quadrado da velocidade (a grosso modo)

R ar = c x V^2

Assim a vantagem de performance nas provas curtas é maior ainda.

A meu ver a posição do ciclista na bike speed é terrível e isso deva ser sem dúvida a maior vantagem numa reclinada em provas longas como esses Audax de 200k, 300k... tralalá k.

Na bike speed, a posição aerodinâmica além de forçar a coluna na lombar e cervical (a ponto de inverter a curvatura natural desse pontos), comprime a barriga, dificultando a respiração (a respiração começa na barriga para facilitar a entrada do ar nos pulmões). Já na reclinada é tranquilo.

Muito se fala da desvantagem nas subidas, mas, se você possuir uma reclinada leve com baixa "resistência a rolagem", não haverá problemas para subidas se você estiver bem preparado, com pedalada redonda e boa cadência. Muitos ciclistas profissionais praticamente não pedalam em pé, buscam manter constante a força na pedalada: empurrando/puxando, chutando/"limpando o pé no tapete"... Quando isso é bem feito, a meu ver, pode virar o ciclista de ponta cabeça que o rendimento da pedalada será quase o mesmo! Pedalar deitado ou em pé? Tanto faz se sua pedalada é redonda e eficiente (é claro que isso é uma utopia que ninguém consegue chegar). Numa pedalada redonda você inclusive sente menos peso no selim, pois a força de um pé equilibra com o do outro em boa parte da pedalada.

Claro que isso tudo que digo são pitacos, pois ainda não andei numa reclinada por muito tempo.

PS: Pedro não consegui chegar nos valores que você mostrou por não saber as demais variáveis que utilizou (temperatura, altitude, posição da mão na speed, pneus da speed e da reclinada, tipo de reclinada (LWB?)) Queria usar os mesmos dados para fazer a comparação em provas curtas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pocketcar.org
ZÖHRER

avatar

Mensagens : 392
Data de inscrição : 23/05/2009
Idade : 50
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Sex Abr 01, 2011 5:53 pm

Olá Marcus,
se não me falha a memória, usei como dados de temperatura 25Graus, nível do mar 00,reclinada SWB com guidon por cima( a que mais se aproximava da aerodinâmica da minha reclinada). comparei com uma speed segurando o guidom em cima ambas com pneus de alta pressão fino.
Achei no site do Audax Rio este interessante artigo artigo sobre uma pesquisa de equipamentos usados no Paris Brest Paris de 2007. Eles fizeram a pesquisa com ciclistas da RUSA (Randonneurs americanos) e relacionaram os tipos de bicicletas, material do quadro, faróis, bagageiros, paralamas, selim, acessórios, roupas etc com os resultados do grupo se completaram ou não e em que categoria (80, 84 ou 90 hs) os ciclistas estavam além de outras questões importantes.
Vale a pena ler.
http://www.recicloteca.org.br/PBP2007_equipment%20analysis.pdf
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://zohrer.com.br
Marcus Del Mastro

avatar

Mensagens : 899
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 43
Localização : Sorocaba - SP

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Sex Abr 01, 2011 9:22 pm

Valeu Pedro, perfeito, os dados bateram...

Eu queria ter feito uma outra comparação, com velocidades mais altas, mesmos parâmetros.
Agora deu:v=35km/h - d=60km

Reclinada: 183W - 1226cal
Speed: 328W - 2198cal

A 21.9km/h gasta-se 55% mais energia numa speed.
A 35km/h gasta-se 79% a mais.

Segunda os cálculos do Kreuzotter, vaaaai saber...

Aliás, esqueci de falar, eu era fã desse cara, sua bike era um "paradigma a ser copiado e melhorado"... hoje não acho tanto assim. Engraçado é que não consegui achar link para as fotos das bikes dele no site. Então abri um arquivo.htm velho que eu tinha num backup e cliquei nos links e ainda estão lá as fotos...rsss (muito legal)



Foi uma época que começaram a fazer a "extravagância" de deixar o pedal/perna sobrepor a roda da frente sabendo que isso não seria um problema para fazer curvas... demais! (bastaria girar os pedais numa determinada posição que não atrapalharia para fazer curva para um lado e o inverso para fazer curva para o outro, pode parecer besta hoje, mas isso foi uma revolução lá atrás).

Mas, hoje contesto muito a distância entre o movimento central e o cassete, sem falar no quadro com estrutura toda "torta" que aumenta peso e perde em rigidez...








Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pocketcar.org
Mordaz

avatar

Mensagens : 2241
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Sex Abr 01, 2011 11:32 pm

ZÖHRER escreveu:
Achei no site do Audax Rio este interessante artigo artigo sobre uma pesquisa de equipamentos usados no Paris Brest Paris de 2007. Eles fizeram a pesquisa com ciclistas da RUSA (Randonneurs americanos) e relacionaram os tipos de bicicletas, material do quadro, faróis, bagageiros, paralamas, selim, acessórios, roupas etc com os resultados do grupo se completaram ou não e em que categoria (80, 84 ou 90 hs) os ciclistas estavam além de outras questões importantes.
Vale a pena ler.
http://www.recicloteca.org.br/PBP2007_equipment%20analysis.pdf

MUITO interessante!

Particularmente, esta parte:
Despite the many rough roads encountered during PBP, most
riders favored tires narrower than 26 mm. Only 4.5% used tires
wider than 28 mm.


O que me lembrou da menção hilária ao "Pneu Schwalbe Mega Marathon Super Plus" em um artigo do Audax Santa Cruz. Laughing
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Mordaz

avatar

Mensagens : 2241
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   Sex Abr 01, 2011 11:39 pm

Mais uma sobre pneus:

Various tests have shown that equipment choices do affect the
on-the-road speed of bicycles
. Generator hubs add resistance to
the bike.
5
Most bags add aerodynamic resistance. Saddlebags and
panniers are less aerodynamic than handlebar bags.
6
A numerical
model of PBP predicted that a weight reduction of 1 kg (2.2 lbs.)
would result in time savings between 7 and 20 minutes, a more
aerodynamic position or aerodynamic wheels would each save about
an hour. The biggest change predicted by the model was due to tire
rolling resistance, with savings of between 2 and almost 10 hours
between “fast” and “slow” tires.

7


Conclusão: O peso da bicicleta não é tão relevante, mas pneus rápidos fazem uma diferença enorme.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Facilidades no ciclismo de longa distância com reclinadas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Uma frase curta, para longa reflexão..​.

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Ciclismo reclinado geral-
Ir para: