InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Belo Horizonte a Lagoa Santa - via aeroporto Confins

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2
AutorMensagem
Marcus Del Mastro

avatar

Mensagens : 899
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 42
Localização : Sorocaba - SP

MensagemAssunto: Re: Belo Horizonte a Lagoa Santa - via aeroporto Confins   Qui Jun 23, 2011 12:35 am

ninocoutinho escreveu:
Eu sabia q só tinha tarado aqui!! drunken
Vamos devagar!!!...What a Face
ninocoutinho escreveu:
...e ainda tirou uns gramas da bike, por ter q cortar partes do bambu.
Pensei em dizer isso, mas achei que iam me achar tarado demais... (esse tópico está totalmente off-topic!!!)
ninocoutinho escreveu:
O Klaus tem sorte de eu não morar em Porto Alegre,...
tem mesmo.... albino
ninocoutinho escreveu:
Sei q o Mordaz e o Marcus fazem ideia de como é a fixação do assento, mas só pros outros terem uma ideia, são duas varas de bambu com espécie de dobradiças na ponta (q se fixam a furos do assento através de parafusos), unidas ao bambu por o q parece ser fibra de carbono:
Não tinha a menor idéia... valeu.
ninocoutinho escreveu:
Marcus, se vc mediu 22 graus nessa experiência, a quantos graus vc acha q está, na real? Uns 40, mesmo?
Putz, que olhômetro o seu... e eu que sou tarado... 40 graus... na pinta.
ninocoutinho escreveu:
Eu acho q entre 30 e 35 pra mim já estaria muito louco, pois de certa forma ainda estou pegando o jeito. Estava dando uma olhada no site da Lightning e, dependendo do tipo de assento, a P-38 usa ângulos entre 50 e 65 ou entre 35 e 40. Com certeza a versão "rápida" é essa mais inclinada (apesar de q a "clássica", q tb era tida como um raio, devia ser a mais em pé) , q vcs vêem q não é nenhum absurdo, seria um pouco mais, só, do q a minha.
Deita! Deita! Deita!...hahahahaha... brincadeira... é uma questão em aberto para mim, não realmente dizer quão inclinado podemos ir sem perder potência...
Certamente se perde a visibilidade da pista, melhora a aerodinâmica...

Mas são as últimas linhas que tenho mais em mente...
Citação :
5) Finally, if you want to have a more upright recumbent seat AND go fast, an appropriate fairing is the way to go. The various Zzipper and Windwrap fairings, especially when combined with a Spandex body sock, will give most riders as much speed as they might reasonably want. Riders with do-it-yourself talents and restricted budgets can create their own fairings out of coroplast sheets. Do a Google search on "Lee Wakefield" and visit http://wisil.recumbents.com for tips.

Vou pesquisar mais sobre essas últimas referências (nos úlitmos anos virei um preguiçoso... se não são vcs...), que fazer um fairing super low-profile (e não quero dizer "uma carenagem com perfil baixo", mas uma carenagem marreca mesmo) e ver no que dá.

E sobre tarados, só queria lembrar que há pessoas bem mais taradas que eu:


Abraços e bom feriado
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pocketcar.org
Marcus Del Mastro

avatar

Mensagens : 899
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 42
Localização : Sorocaba - SP

MensagemAssunto: Re: Belo Horizonte a Lagoa Santa - via aeroporto Confins   Qui Jun 23, 2011 1:02 am

Algo mais sobre o assunto da inclinação do assento... (grifos meus)

Citação :
Seat Angle Discussion
http://www.recumbentblog.com/2005/05/19/seat-angle-discussion/

There’s an interesting thread on the Bacchetta Forum discussing the “myths and legends” of seat angles and how they effect aerodynamics and power output. Rich Pinto, designer of the Bacchetta Aero, recommends a seat angle of between 25-30 degrees as a good compromise between optimal aerodynamics and climbing power. For most riders, angles approaching 20 degrees may cause the legs to protrude above the torso shadow, actually diminishing aerodynamic efficiency. Low angles may also cause a decrease in climbing power. Lower is not necessarily better.
...

As fotos "comparativas" do post do "recumbentblog" são fora de propósito, pois para cada ciclista foi batida numa fase diferente da pedalada...ora...

Mais um ponto importante sobre aerodinamica é que não é só a área frontal que conta, aliás, nem conta tanto assim (se fosse assim, qq recumbent com carenagem seria mais lenta). Importante é fazer com que o ar flua pelo veículo sem criar muitos impacto na entrada e não gerar vortices na saída. Pensando assim, o tronco mais deitado é uma grande vantagem, reduz bastante o arrasto, é capaz até de organizar melhor o fluxo de ar na saída, mesmo pensando que por um pequeno tempo, o joelho fique acima da linha dos ombros, a vantagem aerodinamica é considerável. (aliás, a pedivela encurtada reduz bastante esse e outros problemas, já que o joelho dobra menos).

Abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pocketcar.org
Mordaz

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Belo Horizonte a Lagoa Santa - via aeroporto Confins   Qui Jun 23, 2011 7:53 pm

Vocês já se estenderam bastante no assunto; não faltou muito o que acrescentar.

Mas, essa recomendação de ângulo de banco (25 a 30 graus) baseia-se na posição do mov. central de uma bacchetta.
Eu, particularmente, acho fundamental considerar também o ângulo formado por uma linha imaginária que vai do
assento do banco ao mov. central. Numa "stick bike", essa linha nem é tão imaginária assim; o monotubo quase
coincide com ela. A "abertura" da posição do piloto pode ser calculada assim:

180 graus - inclinação do banco - inclinação do monotubo = aprox. 130 a 135 graus (*)

Por isso acho tão mais interessante a geometria da Carbent do que a da Bacchetta. Com a pedivela mais alta, o banco
pode ficar mais deitado, preservando-se a mesma abertura da Bacchetta. Ou ainda, se a preferência do indivíduo é por
posições mais fechadas, reduz-se a abertura enquanto se preserva a inclinação do banco.

Considerar que o máximo de inclinação do banco que ainda traz vantagem aerodinâmica seja o ponto em que os
ombros estão na mesma altura do pé no ponto mais alto da pedalada é válido, MAS... nunca vejo ninguém falar sobre a
desvantagem de se ter os pés descendo abaixo da altura da base do banco. Mais uma vantagem para o mov. central
alto.

(*) Essa faixa de ângulos é a que eu, pessoalmente e por enquanto, considero ideal. Já li relatos de pessoas que usam
aberturas bem maiores, principalmente em low-racers, e escalam bem. A "bambunada" do Nino está mais para uma
low-racer do que para uma high-racer devido ao ângulo do monotubo em relação ao chão, então, faz sentido
experimentar deitar mais o banco e ver até que ponto isso prejudica o desempenho nas subidas. Pena que não é
ajustável! Mas se não é uma bike de corrida, para quê mexer, né?

P.S. 40 graus é muito em pé. 30 graus dariam uma boa melhora de desempenho sem inviabilizar o uso urbano da bike.
Pode ser um bom upgrade futuro, caso você volte ao RS por algum motivo. Talvez até pedalando!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1224
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Belo Horizonte a Lagoa Santa - via aeroporto Confins   Sex Jun 24, 2011 6:04 pm

Vcs dois mandaram muito bem, pra variar Wink . Vou estudar a possibilidade, realmente, numa próxima visita ao sul. Eu acredito q seja prudente levar a bike de tempos em tempos pro Klaus dar uma olhada - tipo uma "geral". Não tenho nenhuma neura especial com o bambu, ou com as amarrações, e sim com o q NÃO É bambu hehehe.

Por enquanto com certeza é mais adequado eu mantê-la assim - não sinto desconforto, acho q rendo bem, e não vou tão mal de equilíbrio. A não ser q fosse bem comum eu descer pros pampas. E tô gostando de usar ela pra tudo, e do jeito q está, anda bem possível. De repente, mais pra frente, eu penso de verdade numa bike "pra corrida", aí vou "derivando" as geometrias q já conheço. "Gradaria" se ela fosse de bambu mesmo, ou quem sabe chromoly?

Como adendo, consegui mais um vídeo meu. Foi uma reportagem local, q fizeram comigo na semana passada. A matéria ainda não saiu, mas alguém q nem sei quem é publicou uma filmagem rapidinha:



Essa calça ficou horrenda, pior q eu uso direto! Era de uma vizinha da minha mulher, bem gorda, q dpois de emagracer com a cirurgia de redução de estômago, doou pra minha mulher. Só q aí parou de servir nela, também! jocolor E eu não sou de desperdiçar nada!!

Aos q ainda não viram, tem bike de bambu nova na praça! Pesquisem e verão!! Acho q em breve deve aparecer aqui no recliblog, ops, fórum! afro
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Belo Horizonte a Lagoa Santa - via aeroporto Confins   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Belo Horizonte a Lagoa Santa - via aeroporto Confins
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 2 de 2Ir à página : Anterior  1, 2
 Tópicos similares
-
» MODELCON 2011 - Belo Horizonte / MG - 08 e 09/10/2011
» [MegaHouse] Saint Seiya Ômega.
» Loja Brothergames de BH e Contagem!!!
» Loja em bh
» Aeroporto Miniatura

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Cicloturismo-
Ir para: