InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 Coisas que os reclineiros ouvem na rua

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
AutorMensagem
RafaelJank



Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/10/2009
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Sab Jan 08, 2011 7:41 pm

Nino, esse lance que você descreveu de estar carregando a bicicleta empurrando em uma subida, gera uma certa expectativa nas pessoas. Outro dia voltando de um passeio, ao chegar na esquina me preparando para descer da bicicleta, ouvi os comentários de homens que bebiam suas cervejas no bar: _ Quero só ver se ele vai subir, duvido, isso não sobe ladeira não. Bem, eu poderia ter subido, é uma inclinação de por medo até em bicicleta convencional, mas já me arrisquei algumas vezes com a HR, mas nesse caso eu desci da bicicleta e pelo cansaço fui empurrando por já estar quase em casa, quando escuto novamente: _ Ahhhhhh, (aquela euforia de bicho preso na jaula) a subida você não enfrenta né. Bem, tenho que dizer que o pessoal daqui não é muito diferente não.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ciclistatranstornado.wordpress.com/
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Sab Jan 08, 2011 8:24 pm

Engraçado, Rafael, isso é outra coisa q o pessoal parece q vem de cara com a pergunta: " mas é meio ruim de subir, né?". Não sei onde esse povo estudou tanta física!! study

Confesso q eu não gosto de passar a impressão d q a bike não rende (enquanto a verdade é q o ciclista é quem não rende), principalmente por ela ser um bicho meio esquisito pra todo mundo. Fica parecendo q vc tá inventando uma onda enorme (eles tb sempre perguntam se fui eu quem construiu) q não serve pra nada, pq o cara te vê empurrando a geringonça ladeira acima.

Agora, pedalar uma high-racer como a sua deve causar um estranhamento danado!! Confesso, tb, q eu gostaria bastante de causar assim! Pq parece q é uma atitude super aero, mais esportiva e de longe mais ousada, principalmente se vc chora a chinela!!

Me lembrei de outra. Um motociclista deu uma zoada em mim:

- hum, garotão!!

Teve uma entonação meio gay, mas pareceu q ele se referia à minha atitude ser um pouco infantil, como se eu estivesse pedalando um velotrol!!

Até agora o tópico falava mais da parte engraçada da reação das pessoas, mas essa parte meio desagradável acredito q nós ainda jovens reclineiros não estamos acostumados e não sabemos ainda como reagir bem, mas os das antigas (desculpem aí, pessoal!) devem ser mais escolados nesse assunto. Pq é uma coisa bem chata mesmo, q me faz evitar sair pra pedalar em certos horários - mais especificamente, todos os horários!! Penso em madrugar pra conseguir treinar cedão e chegar em casa por volta das 6 da manhã, antes desse povo todo estar na rua. E tb pra ninguém me ver subir com a bike na escada, pq é triste de se ver!!!

Abraços!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
duram



Mensagens : 629
Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 53
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Dom Jan 09, 2011 6:30 pm

Fale sempre bem da bike pois ela tem muito mais vantagens do que
desvantagens, a subida depende mais da "perna" do ciclista do que do
peso dele.

Aqui no Rio me perguntam: "Ela sobe meio fio,não, aaaah então não é boa....."

Fica difícil falar bem quando não querem ouvir e só procuram detalhes negativos
para opinar.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/duram
SOLYOM



Mensagens : 103
Data de inscrição : 01/06/2010
Idade : 45
Localização : Araçoiaba da Serra - SP

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Dom Jan 09, 2011 8:29 pm

Esse assunto é muito importante.

Acho que o Nino conseguiu abrir bem mais o assunto, do que simplesmente compartilharmos os comentários edificantes ou ignorantes à respeito da reclinada e/ou do reclineiro (o que não deixa de ser importante claro).

É algo que eu queria trazer também por algum meio, o site ou o forum mesmo.

Isso é importante porque podemos perceber a barreira cultural e de conhecimento que as pessoas teem com respeito às recumbents.
É importante também pra dar ânimo quando sentimos receio de ouvirmos coisas desagradáveis, e pensamos duas vezes antes de sairmos para um pedal.

O reclineiro precisa ter em mente, antes mesmo de ter sua reclinada, que chamará a atenção (e estará sujeito à ouvir besteiras sim). Mas o mais importante é saber que de tudo que vc ouvir nas ruas muito pouco será brincadeiras (de mau gosto), ou críticas.

O problema é que de 10 manifestações, se uma for brincadeira, essa é que pode estragar o passeio (se vc deixar).

Exemplo; Esses dias pedalei 40km, quando na pior subida (isso sempre ocorre na pior subida ok?), um "bocó" passou num carro e fez uma piadinha, alguma coisa como; "tá querendo aparecer né?".
Mas antes disso recebi cumprimentos de uns speedeiros, alguem falou; "Ó que legal...", depois outras admirações, buzinadas, uns choppeiros tocaram sirene pra mim ("não é chopperbike, é reclinada..." pensei, rs), e um casal num carro me filmou também... devem ser os mesmos que filmaram o Nino heheeh

Mas cheguei em casa lembrando do "bocó" do subidão

Acho que precisamos principalmente no inicio com reclinadas, sair com bom animo, tolerar bobeiras com um "jóia" ou um "_beleza?" e NUNCA afrontar com palavras, muito menos gesto obsceno (aquele).

Mas quanto aos ignorantes temos que ignorar tbem.
Acho que a pior manifetação que aconteceu comigo, foi quando comecei, tinha uma high racer 20 x 20 de aluminio e nenhum preparo fisico, aí numa subida (lembre-se; é sempre na subida), passando na frente de um bar, num bairro barra pesada de sorocaba, uns caras (barra- pesadas), começaram à gritar pra mim, não me lembro de ouvir palavrões ou xingamentos, só risadas e sei lá mais o que, só umas mulheres da vida que estavam com os tais caras gritaram; " me leva junto...", olhei (óculos escuros ajudam um pouco nessas horas), abaixei e levantei a cabeça em cumprimento e fiquei na minha (sem perceber estava bem mais rápido que antes... rs)

Várias vezes, no momento que alguém estava iniciando uma brincadeira de mau gosto (gritando de dentro do carro), ao me ver dando um jóia e sorrindo (passando por mim), percebi claramente a mudança de atitude para um elogio meio sem graça tipo; "aí, legal heim..."

Aos poucos as reclinadas não são mais um absurdo, ou uma aberração no meio ciclistico, muito pelo contrário; estão sendo reconhecidas como revolucionárias e pelos conhecedores do assunto, os inteligentes e otimistas, as bicicletas ideais.
E nós, tanto os "antigões" como os novatos somos os pioneiros onde estamos, em breve outros aparecerão. Que seja isso um incentivo para tolerarmos as manifestações desagradáveis e nos lembrarmos das boas coisas que ouvimos nas ruas

Abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.solyombikes.com
Nutin



Mensagens : 12
Data de inscrição : 30/09/2010

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Dom Jan 09, 2011 11:50 pm

Sobre a opinião das pessoas, tenho algo a relatar. Moro em uma cidade pequena, deve ter uns 8.000 hab. na zona urbana. Tanto eu como minha esposa somos muito conhecidos devido as atividades profissionais que realizamos. Quando comecei a usar reclinada (sem pintura e cheia de marcas de solda) foi um rebuliço: crianças corriam atrás, juntava gente pra ver, faziam muiiitos comentários.

Algo interessante é que somos bem respeitados aqui, então isso limita o tipo de comentários, até os mais gaiatos ficam procurando algo positivo para falar. Tem aqueles que falam com um tom que deixa entender que é infantilidade sair de reclinada, que estamos pagando mico, percebemos claramente que pensam: "bem conceituados como são, não deviam estar sendo um espetáculo público". Como mantemos a nossa postura normal e somos simpáticos, encaramos numa boa e hoje já fazemos parte da paisagem.

Para os que porventura não aprovam, falo que reclinada faz um bem maior que somente ao físico, pois relaxa nossa mente, faz bem ao humor, visto que alegra as pessoas por onde passamos e faz bem ao trânsito, já que as pessoas passam devagar nos observando.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marco Di Martino



Mensagens : 246
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Jan 10, 2011 11:16 am

Toda vez que se faz algo diferente da maioria se incorre no ônus natural que é a repulsa. Até no reino animal quando um bicho é diferente, é hostilizado pelos demais. O ser humano, quando civilizado, tem a possibilidade de dominar isso quando não tem preguiça mental ou quando é educado ou se educa. Se dependesse de todos, ninguém teria estilo ou personalidade. Gozações que ridicularizam as pessoas são medíocres e como tal deveriam ser compreendidas.

A expressiva maioria das pessoas pelas quais passo se surpreende positivamente e gosta das minhas reclinadas. Há, obviamente, aqueles para os quais o mundo se resume ao que eles têm na ponta do nariz e ao que passa na Globo. Esses se consideram superiores por fazerem parte de maiorias e muitas vezes acabam agredindo quem é diferente.

É claro que só racionalidade não resolve, pois somos também emoção e irracionalidade. Mas o "saco de Papai Noel", a técnica da relevância e da simpatia ainda são, a meu ver, a melhor forma de fazermos com que as pessoas troquem sua hostilidade por amabilidade em relação a nós.

Ter reclinada é fazer valer o bom senso individual à burrice coletiva. É ter personalidade; e para isso necessitamos força.

Saudações reclinadas!

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Jan 10, 2011 12:06 pm

Escrevi a mensagem abaixo antes do almoço e saí correndo por causa de um telefonema, sem clicar em enviar. Neste meio tempo, o Marco escreveu essa mensagem acima q resume praticamente tudo q penso - ou gostaria de pensar 100%! Quem dera todos pensassem assim... Mas segue meu texto original, com um adendo final:

Ótimo o post do Davilson e, Nutin, muito legal saber da sua experiência, tb.

Sei q às vezes temos tendência a achar q o nosso calo é o q mais aperta, mas minha reflexão é a de q, pra quem mora em cidades pequenas ou em grandes cidades, a coisa fica mais "fácil", em relação às 'médias' cidades.

Isso pq, nas pequenas, como vc já é meio conhecido de quase todos (ou, pelo menos, filho de fulano, neto de sicrano), apenas vai adicionar mais uma coisa exótica no seu "rótulo". Mas sempre vai ter os q acham um absurdo.

Nas grandes cidades, acho mais fácil pq tem aquela coisa de q ninguém olha pra vc (generalizando geral!) e vc é apenas mais um número Crying or Very sad . Claro q tem múltiplas 'cidades' dentro de uma mesma metrópole, as experiências possíveis são diversas. Num bairro mais residencial em q vc tenha vizinhanças meio "do mal", deve ficar meio ruim...

Qndo penso nos reclineiros cariocas, fico vislumbrando aqueles passeios tranquilos pela orla da zona sul. Imagino q não seja só isso, mas parece ser possível escapar de pedais q te deixem com a alma cansada, e optar por chatear menos o espírito pedalando à beira da praia. sunny

Qnto aos reclineiros de POA, não tenho a menor ideia de como seja; há uns 11 anos passei um mês inteiro de julho na capital gaúcha (frio do cacete!), mas fiquei hospedado num condomínio fechado e quase não vi a cidade! scratch

Já nas cidades 'médias', algo tlvz entre 100 mil e 300 mil hab, acho mais chato por ser uma situação meio intermediária, mesmo: vc é mais ou menos conhecido por um grupo meio restrito de pessoas, sua vizinhança te conhece só de vista, tlvz saiba onde vc trabalha, mas nunca conversou com vc (mas isso não é de fato um problema sério, tlvz atice a curiosidade sobre sua pessoa), e bairros mais periféricos, por onde vc fatalmente passa para estender os pedais, começam a te ver com uma certa frequencia, e sacar alguma possível 'rotina', aí não sei se ajuda ou atrapalha nesse certo "bullying" q a gente sofre. Tipo: "olha, tá aí de novo aquele maluco q mora não sei onde e trabalha não sei com quê e fantasiou a bike dele de moto. Tá passando de novo, na hora q ele voltar vamo dá uma zuada nele e 'pedir' a bike emprestada pra dar uma volta".

Realmente, eu não sou das pessoas mais corajosas. Vê-se tb pelo meu trato com os cães.

Quanto ao q todos falaram de manter a simpatia, eu tenho uma tendência natural a cumprimentar alien as pessoas com as quais cruzo pelo caminho. Especialmente as mais simples, q geralmente são mais abertas a esse tipo de atitude. Isso é uma das coisas q detesto em SP (outras eu adoro), onde vc praticamente só consegue cumprimentar, diariamente, o porteiro do seu prédio, por exemplo. Qndo vc se aproxima de uma pessoa na rua e a aborda, ela sempre se assusta affraid , parece q pensa q é assalto ou golpe. Aquele silêncio de elevador, por exemplo, me dá aflição! Fico imaginando entrar com uma EXD empinada, e aquele seu vizinho q não te conhece fica olhando de rabo de olho, querendo falar mas não fala nada... Acho q eu me divertiria com isso! clown

Abraços!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marco Di Martino



Mensagens : 246
Data de inscrição : 21/05/2009

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Jan 10, 2011 1:20 pm

Porto Alegre se insere na classificação de metrópole de tamanho médio com vantagens em termos de distâncias, problemas de cidade grande e limitações de cidade pequena. Infelizmente para os que aqui vivem, tem um dos piores índices de motoristas mal-educados e irresponsáveis do Brasil (que chegam a mirar na gente pra tirar fininho).
A cidade tem uma orla muito conveniente para pedalar, pois possibilita, no mínimo, uns 8 km ininterruptos de pista sem a necessidade de atravessar ruas, além de vários parques onde se pode pedalar. Em domingos e feriados até fecham determinadas ruas pra que exista recreação. Sim, como brinquedo, a bicicleta é uma realidade aceita, mas como alternativa de transporte é passado ou ficção-científica.

Terminaram com a ciclo-faixa que havia e ligava os parques e não colocaram nada no lugar. Disseram que era perigosa. Como se a ausência dela fosse mais segura... Má ciclo-faixa ainda é melhor do que ciclo-faixa nenhuma. E tá na cara que o fim do "Caminho dos Parques" foi mesmo pra dar mais lugar pros carros que estacionavam sobre a ciclo-faixa e que agora estão livres para fazê-lo sem se arriscarem a multas como antes. Um grupo de ciclistas chegou até a programar um evento de protesto contra isso que foi cancelado e que nunca mais se ouviu falar...

Bem, pra não ficar tão off-topic, tenho a dizer que isso tudo se conecta ao tópico do que a gente ouve na rua, pois é o que acaba sendo interiorizado pelas pessoas e que aparece inconscientemente quando elas apóiam ou rejeitam verbalmente algo diferente como uma bicicleta reclinada.

Vamos vivendo...



Última edição por Marco Di Martino em Ter Jan 11, 2011 11:04 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.spartacus.mus.br
RafaelJank



Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/10/2009
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Jan 10, 2011 6:06 pm

Nino, achei bem legal a sua visão dos reclineiros do Rio de Janeiro. Pois é justamente passo pelo contrário disso. Eu moro no subúrbio carioca, na zona norte. Bem, andar de reclinada por aqui é mais ou menos como em uma cidade média como você descreveu em seu comentário.

Aqui não há praias nem parques, nem ciclovias, meu bairro é um alto e baixo de forma que grandes partes das ruas são subidas, que para eu conseguir andar um pouco eu preciso descer a minha rua e procurar por ruas planas, (isso quer dizer na voltar subir com ela empurrando, saca santa Tereza? Essas subidinhas, mas ainda bem se pouca coisa), passando pela esquina, há algumas ruas planas, e o restante se resume em avenidas com ônibus que ao invés de frearem, soltam aquele arzinho de freio para dizer que você precisa sair da frente deles. Bem, preciso dizer que para eu me deslocar da zona norte para a zona sul onde estão as maravilhosas ciclovias eu preciso fazer um curso de selva sobre duas rodas.

Em fim, vejo meu bairro e as proximidades como uma versão Thrash do que é pedalar na cidade maravilhosa. Shocked
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ciclistatranstornado.wordpress.com/
duram



Mensagens : 629
Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 53
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Jan 10, 2011 6:40 pm

Pelo menos quando nos encontramos no aterro deu para vc chegar
lá sem cair em um buraco ou ser levado por um ônibus.

Em Copacabana quando a galera da zona norte sai do metro e calha
de eu estar passando sempre escuto uma gritaria, mostra que a mentalidade
não depende da população (número) e sim da educação, no interior sempre
se espera ver algo novo e diferente vindo da cidade grande já por aqui, cidade
grande, mudanças são difíceis de serem impostas sem criticas.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/duram
RafaelJank



Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/10/2009
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Jan 10, 2011 6:47 pm

Verdade, domingo é a alegria dos ciclistas do subúrbio rs. Ainda bem que temos essa opção de podermos pegar o metrô e ir para um local mais confortável para pedalarmos. Duram, aquele dia foi realmente atípico, imagine o ultimo vagão do metro, tão cheio de bicicletas, de modo que as pessoas sem bicicletas devem ter achado que entraram no vagão errado rs.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ciclistatranstornado.wordpress.com/
duram



Mensagens : 629
Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 53
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Jan 10, 2011 6:56 pm

Dá um pulo no aterro no próximo fim de semana para andarmos juntos, nesse
sábado o Lauro com sua bike Emilia (tipo ease race) estiveram no Rio e agora
estão indo para Belém-PA, achei que estaria lá para andar com ele.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/duram
RafaelJank



Mensagens : 37
Data de inscrição : 01/10/2009
Idade : 31
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Ter Jan 11, 2011 7:10 am

Poxa eu nem sabia que o Lauro passaria por lá com a Emília. De qualquer forma eu vou fazer o possível para poder dar umas pedalas no domingo no aterro. Se eu voltar a tempo da casa da minha namorada.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://ciclistatranstornado.wordpress.com/
OJM



Mensagens : 143
Data de inscrição : 26/08/2009
Idade : 43
Localização : Maringá - PR

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Qua Jan 12, 2011 9:54 am

Do pessoal do meu grupo de pedal (Bikers Vaidosos!) durante o churrasco de confraternização, sobre a minha reclinada de madeira:

"...avisa todo mundo quando você for fazer o pedal de batismo da sua bike... nós vamos filmar quando essa p*&#a quebrar com você em cima e mandar para a vídeo cassetada do Faustão..."

"Tá ficando legal, mas eu não sei se tenha coragem de andar nisso não!"

"Eu quero andar nela!"

"Isso não vai aguentar!"

"É doido mesmo!"

Do meu filho:

"Termina logo a bicicleta pai, eu quero andar com ela!" (ele é meu maior incentivador!)

De um amigo agrônomo:

"Você tá ficando louco! Esse doutorado está queimando seus neurônios!"

Abraço

Odair



Última edição por OJM em Sab Jan 15, 2011 7:16 am, editado 1 vez(es)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.ojmarques.blogspot.com
Olavo



Mensagens : 638
Data de inscrição : 11/02/2009
Idade : 45
Localização : Porto Alegre - RS - Brasil

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Sex Jan 14, 2011 10:41 am

Ando meio desaparecido aqui do fórum, por falta de tempo (grande novidade do mundo moderno) Rolling Eyes

Mas continuo pedalando diariamente na ida e volta ao trabalho. Este tópico é antigo e já escrevi várias coisas que escuto nas ruas, andei escutando umas novos:

1 - "O Iluminado" Era dia 31 de dezembro estava indo para a casa da sogra, já noite, após a última massa crítica de 2010. Idea

2- "Esse ai é egoísta, quer conforto só para ele" Shocked

3- " Isso deve ser desconfortável pra cacete, ainda mais sem suspensão" - Escutei de um motoqueiro quando estava de Tandem No


P.S.: Marco, semana que vem vou participar do passeio do Dudu!!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://olavolu.blogspot.com/
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Sex Jan 14, 2011 6:26 pm

Olavo escreveu:
3- " Isso deve ser desconfortável pra cacete, ainda mais sem suspensão" - Escutei de um motoqueiro quando estava de Tandem No
O povo tem mania de achar q a gente gosta de sofrer, que vai sempre fazer opções 'piores' ou q nos incomodem...

Off-topic mas vai: dia desses estava na fila do supermercado, e coloquei na esteira do caixa uns 'leites de soja' q estava comprando. Não tenho nenhuma marca de preferencia, compro sempre o q está mais barato, aí era um daqueles misturados com suco de fruta, talvez de pêssego. Aí tinha um casal na minha frente, e o cara perguntou:

- não fica ruim o gosto da fruta misturada com a soja?

Deu vontade de responder no "Saraiva mode on" Mad , tipo:

- fica, fica horrível, por isso q eu compro, eu não gosto de tomar nada saboroso.

Mas me contive (confesso q eu estava um pouco estressado) e respondi secamente sem nem olhar pra pessoa:

- não.

Paguei minhas compras e levei tudo na bike sem mais nenhuma palavra.

huahahauhahahauhuhauha!!!!!!!!! lol!

Eu estava de luvas e carregando o capacete no braço. Espero não ter queimado o filme dos ciclistas com o cara!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Sex Jan 14, 2011 10:16 pm

Ontem disseram, a meu respeito, "Olha lá o Klaus!" e "O que o Klaus está fazendo no Rio?"

Na verdade foi minha esposa quem ouviu. Quando ela me alcançou e comentou o ocorrido, já estávamos longe dos admiradores do Klaus. Não pude esclarecer o mal entendido.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Sab Jan 15, 2011 5:59 am

Mordaz escreveu:
Ontem disseram, a meu respeito, "Olha lá o Klaus!" e "O que o Klaus está fazendo no Rio?"

Na verdade foi minha esposa quem ouviu. Quando ela me alcançou e comentou o ocorrido, já estávamos longe dos admiradores do Klaus. Não pude esclarecer o mal entendido.

Hahahahaha campeão demais!!!! Campeã dos campeões, essa!!!! lol!

Tá pedalando embambuzado tb, Mordaz??? Poxa, todos esses anos de dedicação reclineira pra, a essa altura do campeonato, perderem o respeito com vc desse jeito clown

E logo no Rio, onde vc absolutamente não é o único a adotar a modalidade... Será q eram gaudérios??

Abraços!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Sab Jan 15, 2011 10:04 pm

ninocoutinho escreveu:
Tá pedalando embambuzado tb, Mordaz??? Poxa, todos esses anos de dedicação reclineira pra, a essa altura do campeonato, perderem o respeito com vc desse jeito clown
Não, estava na high-racer "HP3", de aço mesmo. Bem diferente da bambunada do Klaus, inclusive na altura de pilotagem, mas para os leigos deve parecer tudo igual...

ninocoutinho escreveu:
E logo no Rio, onde vc absolutamente não é o único a adotar a modalidade... Será q eram gaudérios??
Provavelmente (no bom sentido!)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
LuizPauloMotta



Mensagens : 44
Data de inscrição : 05/08/2010
Idade : 54
Localização : Brasília - DF

MensagemAssunto: Filme no Youtube... Pedal Noturno + 2 reclinadas   Ter Jan 18, 2011 8:32 am

Amigos,

Ontem, dia 17 de janeiro, no Pedal Noturno DF, tinhamos 62 ciclistas, dentre os quais 2 reclinadas.

Vejam... http://youtu.be/ZZkytHBZcKU?a

Abraços.

Luiz Paulo
Trike HP3
Brasília, DF
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Ter Jan 18, 2011 8:44 am

Pior q qndo vc aparece de longe e meio desfocado, por volta de 4'30'', parece mesmo ser um cadeirante turbinado uahuahahauha!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
LuizPauloMotta



Mensagens : 44
Data de inscrição : 05/08/2010
Idade : 54
Localização : Brasília - DF

MensagemAssunto: Pedal Noturno com 203, uma reclinada.   Qui Jan 27, 2011 9:10 am

ninocoutinho escreveu:
Pior q qndo vc aparece de longe e meio desfocado, por volta de 4'30'', parece mesmo ser um cadeirante turbinado uahuahahauha!!!

Amigos,

Vejam ai a loucura que foi o pedal dos 200(3).... No total foram 203 ciclistas... uma reclinada, não era eu, 3 tandem, algumas crianças, outras nas cadeirinhas...

http://www.youtube.com/watch?v=HvjCa8n0Zx4



Luiz Paulo


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
rudi nicola



Mensagens : 32
Data de inscrição : 09/10/2009

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Seg Fev 07, 2011 12:11 pm

lembro de me divertir muito com esse tópico, até li em algum lugar que ele foi criado para isso.
nas minhas pucas horas reclinado, já ouvi muita coisa que descreveram por aqui.
Porem, vinha eu em direção a minha casa na hora do almoço e num dos muitos cruzamentos que terei de aprender
a otimizar minha passagem, recebi uma abordagem extremamente desagradavel, daquelas que da vontade de sair
correndo, porem ainda não consigo fazer isso..hahah

uma dupla de sujeitos, já bem calibrados alcoolicamente:

- ô massa essa sua "harlei" né mano! se eu não estivesse com minha perna doendo ia dar uma volta.

ele da uns passos para cruzar a rua, o sinal fecha e ela volta..

- e otra se eu tivesse armado ela ja era!...(cai na risada)...brincadeira né mano! (lógico que podia ser brincadeira, das mais idiotas mas, baseado na fala dele + o inevitavel julgamento preconceituoso que fiz até por que fiquei muito de cara, relacionado a aparencia+comportamentofisico+região que se encontrava o sujeito, fiquei com um certo medo...

e pra fechar ele veio com aquela história de que - "essas"´não é pra qualquer um, mas pra quem pode né?!!!

e dalhe paciencia e antena ligada!!

ah acho que fiquei mais apavorado porque a bike da minha esposa foi furtada samana passada...situações muito desagradaveis

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Olavo



Mensagens : 638
Data de inscrição : 11/02/2009
Idade : 45
Localização : Porto Alegre - RS - Brasil

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Dom Abr 03, 2011 1:54 pm

Estava de tandem na praia, e ainda com o reboque com o Bernardo

E o cara me disse:

"Que bicicleta mais esquizofrênica esta"

Provavelmente ele queria dizer psicodélica..hahahah

Ou

Ele é muito culto e pensou...uma bicicleta com várias personalidades, uma praiana, uma urbana, etc bounce

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://olavolu.blogspot.com/
OJM



Mensagens : 143
Data de inscrição : 26/08/2009
Idade : 43
Localização : Maringá - PR

MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Qui Abr 07, 2011 7:30 am

Olá pessoal!

Não aguento mais o pessoal falar coisas do tipo:

"Dá para por um motorzinho nela!"

"Um motor aqui iria ficar legal!"

"Rapaz, o fulano de tal tem um motor de mobilete inteirinho, vc podereia comprar e por na sua bike!"

E, por aí vai!

Dias atrás estava eu voltando de uma pedalada de 40 km e parei no semáfaro (como sempre faço, pois se nós ciclistas queremos respeito, devemos também dar respeito! Opss, escapou!) aí um sujeito parou com um Vectra desses novos, abriu o vidro e falou: "Bacana sua bicicleta cara! Ela é elétrica?" Ahahahahah, com um sorrisão na cara respondi: "Não, é movida à arroz, feijão, bife, salada e uma cervejinha de vez em quando! Valeu!"

Agora a pior de todas! Essa me ofendeu!

Passando em frente à um bar, num sábado à tarde! Cheio de "barrigudos" tomando cerveja. Alguém falou em tom normal: "Bicicleta de vagabundo!". O cara não sabia que eu ouço muito bem, dei a volta e parei na frente do bar olhando para a geral, pois eu não sabia quem havia dito aquilo. E, falei à todos: "Se a pessoa que me chamou de vagabundo me conhecesse, saberia que foram 18 meses de pesquisa e 7 meses de construção e, só porque está vendo uma novidade, não quer dizer que é uma coisa de quem não tem o que fazer, portanto a pessoa deveria pensar antes de abrir a boca para falar besteira!"
Por um momento, enquanto eu falava, pensei: "Acho que eu fiz BESTEIRA, tentar argumentar com um bando de "bebuns", esses caras vão me bater aqui!
Bem, todos ficaram calados me olhando, então, coloquei a Seriema em posição de arrancada e saí pedalando numa boa, com o ego satisfeito! Mas nunca mais passei em frente àquele bar, hehehehe!!!! Quem tem *u tem medo!!!!!


Abraço à todos!

Odair

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.ojmarques.blogspot.com
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Coisas que os reclineiros ouvem na rua   Hoje à(s) 7:31 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Coisas que os reclineiros ouvem na rua
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 3 de 5Ir à página : Anterior  1, 2, 3, 4, 5  Seguinte
 Tópicos similares
-
» Dúvida - Gangster e coisas a mais
» VW New Beetle - O Presente Parte 3....
» Mega Promoção na loja Aminiatura!
» Sherman VBE ( Viatura Blindada de Engenharia ) Scratch
» apresentação

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Ciclismo reclinado geral-
Ir para: