InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  Conectar-seConectar-se  

Compartilhe | 
 

 Bom Jesus do Amparo - 86 km

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ninocoutinho

avatar

Mensagens : 1227
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Bom Jesus do Amparo - 86 km   Dom Fev 05, 2012 3:35 pm

Sentia q fazia um século q não postava nada nesta seção, mas nem tanto, não chega a dois meses. Acho q é pq não levei a reclinada pras férias de fim de ano, e arranjei outras bikes "normais" pra pedalar. Depois, continuaram as chuvas... Mas de vez em qndo dá uma parada, aí dá pra rodar bem!

Hje quis dar um pulo em Bom Jesus do Amparo, uma cidade vizinha, também parte do circuito Estrada Real (entre Itambé do Mato Dentro - Ipoema e Barão de Cocais - Caraça). Tinha planos de pedalar mais de 100km (ida e volta), mas acabei encurtando o caminho pois descobri uma estrada, q eu até desconfiava q existia, mas não aparece em nenhum mapa (e nas imagens do satélite é difícil de ver, pois é bem fechadinha, e curta). Tb foi bom por não precisar trafegar alguns km na 381.

Botei o celular pra me acordar às 05:20, com planos de sair no máximo às 06. Acabei acordando às 05:30 e saí de casa lá pras 06:20. Durante os primeiros 20km, me esforcei pra manter um ritmo bem leve, leve até demais, minha média ficou por muito tempo por volta de 15 ou 16 km/h. Mais adiante, já bem aquecido, fui pedalando mais forte (e passa a ter altimetria predominantemente descendente - vejam bem, não é q é só descida, não hauahuaha!) e rapidinho a média subiu pra quase 19.

Muito lerdo, coloquei o celular no mesmo compartimento da garrafa de isotônico, gelada. Primeiro a lente ficou só úmida; dpois, ficou embaçada por dentro! pale Custou pra voltar ao normal.

Algumas fotos ainda do amanhecer (saí de casa com os 3 piscas ligados, e mais ou menos a essa hora aí, desliguei):




Depois de quase 40km de pedal, cheguei a um barzinho de beira de estrada, pelo qual já tinha passado nuns outros 3 rolés, mas nunca tinha entrado pra consumir nada. Passarei a ser frequentador assíduo! Primeiro q é bem sossegado, quase nunca tem ninguém, e tem hora q vc quer só chegar e ficar de boa, sem ficar explicando "que bicicleta é essa". Como ali passa muita gente q está percorrendo a estrada real (esse bar fica justamente numa das passagens do asfalto pra terra, e a passadinha pelo bar parece ser parada obrigatória pros ciclistas/caminhantes/cavaleiros/jipeiros/motoqueiros confirmarem o caminho), acho q o dono sabe q o ciclista q ali pára nem sempre está a fim de conversa (o q não quer dizer q ele quer ser ignorado). Enfim, achei ali ideal, apesar do forte defeito de não aceitar cartão, nem vender isotônico. Mas dá pra tomar uma coca, chupar um picolé, e até almoçar (almocei lá na volta, lá pelas 10h da manhã alien )



Detalhe q tinha um motorista ali tomando uma garrafa de cerveja, alegando q estava querendo "curar a ressaca" pra seguir viagem Evil or Very Mad . Se eu fosse mais despachado, dava uma tirada animal nele. Mas não costumo fazer essas coisas.

O dono do bar me confirmou q estrada q eu desconhecia era de asfalto e transitável, apesar de muito esburacada. Disse q ainda tinha uns 8km. Ô chute cyclops ! Não deu nem 4km, o q foi uma bela surpresa!




O bom dessa estrada ser muito esburacada, é q os carros não conseguem ir muito rápido! Q bom! Nem precisa, tá a 4 km do destino da maioria dos motoristas ali... O fato de não ter acostamento não foi um problema. Muito gostosinha a estrada, aconchegante, e foi gostoso ir pedalando devagarzinho, tb, por causa da buraqueira.



E em breve chegaremos!



A estrada não tinha nem cachorro pra atormentar albino . Perfeita!



Já tinha pedalado até bom jesus, anteriormente, por outra estrada, e me lembrava bem: primeiro vc desce como se fosse até o centro da terra, dpois sobe aos céus! E tudo de calçamento/paralelepípedo. A bike chacoalha um horror! Por essa outra entrada, não foi diferente. Aí vc pedala bem devagar, dá mais tempo das pessoas ficarem te olhando e mexendo com vc Razz hauhauhauha!!

Meu primeiro destino era a igreja matriz. Não consegui tirar nenhuma foto decente, por causa da posição do sol (ou melhor, por causa da incompetência do fotógrafo!). Cheguei a me deitar no chão e fotografar de baixo pra cima, mas o máximo q consegui foi isto:




Num domingo de manhã de verão, pensei q fosse achar fácil uma sorveteria, pra tomar um açaí. Ledo engano! O único lugar q vendia sorvete era um bar (q já estava lotado de pinguço às 9 da manhã!), no qual o pessoal me chamou de tudo qnto é coisa, até de LOUVA-DEUS drunken ! Passei então numa vendinha, onde comprei um gatorade, água e um picolé de abacaxi.

Um pouco de pacatez (acho q não existe a palavra!):



Nessa hora conheci o Babão, ou melhor, Babãozim (pq Babão é seu pai hauhauaha!), disse q anda de moto pelas trilhas da região e tb pedala mtb. Mas achou o máximo meu pedal de encaixe, disse q "já tinha visto desses!". Peguei altas dicas dos caminhos com ele, ele foi um exemplo de alguém q me abordou de forma muito educada; enquanto eu tirava a foto anterior, ele me perguntou se a bike era minha, e se podia olhar!! Ó ele olhando:



Me despedi e segui meu rumo de volta.



Um dos cenários mais bonitos da estrada:




Atravessei esse mata-burro com um cuidado imenso! Detalhe, entrei só pra tirar foto; como disse, a estrada é (ou era!) de asfalto. E os marcos da estrada real ficam sempre no meio do matagal:



Curioso q, nessa estrada, ou passavam carros com placas de BH, ou passavam taxis com plaquinhas vermelhas de bom jesus! Acho q tem muito táxi pq falta ônibus, esses taxistas devem fazer um precinho promocial pra ir às cidades próximas (lá no sur de minas o esquema é esse tb, mas nunca tinha visto tanto taxi). Um dos taxistas q passou por mim, dpois de se distanciar uns 200m, voltou de ré, e pediu pra tirar foto da bike. Pedi uma foto em troca!



Aí parei de novo naquele bar, queria comer só um pão, o cara me falou q pão não tinha, q aquela hora só servia almoço (era pouco mais de 10h). Acabei almoçando, foi o q de melhor eu fiz. Dpois segui meu rumo. Boa parte das estradas próximas estão em obras, e os acostamentos ainda não estão prontos. Nâo tirei foto específica de nenhum desses acostamentos, mas está horrível mesmo, esse aqui saiu pq eu fui tentar tirar uma foto de mim, mas virei o celular pro lado contrário!!



Pedalo em coisa bem pior q isso, mesmo com os pneus Durano. Por isso gosto desses bichinhos! Acho q já falei no tópico do audax urbano, q não pretendo ter um pneu mais performance q esses, pois acho q eles rolam muito bem, e me dão alguma segurança pra fazer algumas estripulias de vez em qndo. Estão com um cortezinho ou outro, mas os únicos dois furos q tive foi problema de fita de aro e do posterior remendo.

Apesar disso, preciso de uma bike com pneus bem mais parrudos q este. Acontecerá! Qndo tinha a Explorer com os pneus Schwalbe Marathon, eu nem esquentava a cabeça, entrava em qualquer tipo de acostamento sujo ou esburacado. Com os Durano, não, eu passo em muitos lugares, mas alguns evito, e em geral vou bem na maciota. Com um pneu mais resistente, dá pra ser mais arrojado (perdendo aquela perfomance em asfalto bom e subidas, mas fazer o quê...)

Cheguei em casa lá pras 14h e almocei de novo! Quase 4h dpois do almoço anterior, acho q está de bom tamanho. (acho q em pedais longos não dá pra exagerar na comida - pelo menos durante - mas tb não dá pra economizar. ando sempre me sentindo bem e sem passar mal).

Pra variar foi um passeio em q parei muito pra fotografar, pra me hidratar, e tb bati bastante papo - acho q foi a vez em q conversei mais com as pessoas, e em geral as abordagens foram positivas. Ah, de negativo (mas culpa minha, pois não tinha nada de errado), um tiozinho me ultrapassou numa subida, de barraforte, chinelo de dedo e marmita pendurada no guidão, sem pedalar em pé, na altura do meu km 30 e pouco bounce ... Me senti deveras afrontado Suspect ! Um pouco dpois dele me ultrapassar, desisti de 'manter o contato' e freei, mais pra fingir q não ia seguir em frente (pra ele não achar q eu estava tão derrotado assim). Mas meu freio fez um barulho forte (não sei pq) e ele olhou pra trás, como quem pensa em voltar pra ajudar, aí eu fingi olhar pra outro lado, como quem não repara, pra evitar q ele voltasse e perguntasse se estava tudo certo. Vê se pode uma besteira dessas!! pirat (a verdade é q eu nem acho q é falta de humildade minha, pois qndo estou de bike 'normal' e isso acontece, não me afronta tanto, aliás acho q fico ainda mais à vontade, aí pedalo mais leve de propósito, como quem é "mais esperto" e se poupa... é, acho q é falta de humildade, sim What a Face )

Abraços!


Nino
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
guirle

avatar

Mensagens : 11
Data de inscrição : 11/01/2012
Idade : 40
Localização : sp mooca

MensagemAssunto: Re: Bom Jesus do Amparo - 86 km   Dom Fev 05, 2012 6:27 pm

bem legal parabéns
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
xamã

avatar

Mensagens : 176
Data de inscrição : 04/03/2011
Idade : 52
Localização : Pantanal MS

MensagemAssunto: Re: Bom Jesus do Amparo - 86 km   Dom Fev 05, 2012 8:48 pm

beleza, Nino!
aqui no MS, a pacatez no interior também reina! Laughing
abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz

avatar

Mensagens : 2237
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: Bom Jesus do Amparo - 86 km   Seg Fev 06, 2012 11:53 pm

Nino, viajou nesse último parágrafo! What a Face
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: Bom Jesus do Amparo - 86 km   

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
Bom Jesus do Amparo - 86 km
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Destinos Traçados || Capítulo 6 - Bem-vindo a Tennesse!!!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Cicloturismo-
Ir para: