InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 M5 Shock Proof 29er

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
Ir à página : 1, 2  Seguinte
AutorMensagem
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: M5 Shock Proof 29er   Dom Jan 13, 2013 9:18 pm

Não sei se já saiu no BROL; fiquei meio sem acompanhar, mas o importante é q não saiu aqui Wink

Vi agora no site da M5, numa "notícia" de 29 de dezembro, que lançaram a versão 29er da Shock Proof!



Não tem tantas informações; só fala q vem com freios Avid BB7, e q custará quase 2000 euros para nós e quase 2400 para os habitantes da união europeia. Com garfinho de carbono.

Se configurar com rodas mais leves, vira concorrente da Challenge Chamsin. E "passa na frente" da Optima Cougar. E tlvz alternativa aos que acham a Metaphysic muito "dura".

Massa pra randonagem, não? Será q a altura fica de boa? Na com aro 26, eles marcam como 48 cm a altura do assento.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Dom Jan 13, 2013 9:33 pm

talvez merecesse um novo tópico, mas posto aqui mesmo:

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
artur elias



Mensagens : 541
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Dom Jan 13, 2013 10:07 pm

Caráleo!

Eu JÁ PENSEI em fazer isso muitas vezes. Por alguma razão misteriosa,
até hoje não tentei botar uma roda 700 pra ver se entra no triângulo traseiro,
do jeito que ele é na Shock Proof 559.

Não sei se é medo que dê certo (e acarretaria uma série de custos consideráveis para efetuar a mudança).

Hmmm, numa dessas dá pra convencer o Bram a vender um garfo traseiro 29" -
nada impossível, eles vendem partes do quadro pelo site até.

Na frente é só trocar o garfo; não tão simples em se tratando de M5 que exige uma espiga gigante.

Eu acho que a reclinada do futuro (do meu pelo menos) terá essa possibilidade:
aro 700c e liberdade de montar rodas/pneus pra qualquer tipo de terreno.
Excelente rodagem, conforto, muitos pneus de qualidade pra escolher.

Por outro lado, no caso da M5, deve aumentar a interferência pneu/calcanhar. Do jeito que é com rodas 26,
não vejo maior problema; mas não sei onde fica o meu limite do confortável/aceitável nesse quesito.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pespracima.blogspot.com
Rudinei Pimentel



Mensagens : 15
Data de inscrição : 30/03/2012

MensagemAssunto: M5 Shock Proof 29er   Seg Jan 14, 2013 7:19 am

Pessoal, já que entrarão no assunto rodas 700, estou tentando melhorar a pedalada em minha HR26x26 feita pelo Davilson. A pedalada dela é excelente,
mas como preciso comprar mais um jogo de rodas 700 para a bike de minha esposa, gostaria de saber a opinião de vcs sobre o uso de aro 26 na frente
e 700 atrás. Ai iria transformar um dos aros dela, aumentando um dos aros e trocando os raios....

A vantagem, ao meu ver, seria que as pernas não ficariam tão inclinadas, já que a diferença de altura, usando os pneus 26x1,5 na frente e 700x32 atrás
seria de 5 cm. Com a roda traseira 5 cm mais alto, a diferança entre a pedivela e o banco ficaria em 8cm.

O que acham que essa alteração acarretaria ??? Ficaria melhor em termos de desempenho.

Abs.

Rudi
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
duram



Mensagens : 629
Data de inscrição : 30/01/2010
Idade : 53
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Seg Jan 14, 2013 7:41 am

ninocoutinho escreveu:
talvez merecesse um novo tópico, mas posto aqui mesmo:


muito feio esse garfo único

uma dúvida: essas bikes são grandes devido a serem aluminio
e usarem tubos de 2 ou 3 polegadas? vi algumas na Bélgica e não
gostei por parecerem brutas, as de Chromolly são menores e mais bonitas
mas só tem na América
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.fotolog.com.br/duram
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Seg Jan 14, 2013 11:41 am

artur elias escreveu:
Não sei se é medo que dê certo (e acarretaria uma série de custos consideráveis para efetuar a mudança).
What a Face

artur elias escreveu:
Hmmm, numa dessas dá pra convencer o Bram a vender um garfo traseiro 29" -
nada impossível, eles vendem partes do quadro pelo site até.
O garfo traseiro "sai" fácil, Artur? A suspensão, também? Pergunto isso pq sempre que me pego sonhando com alguma M5 ou Nazca, esbarro na transportabilidade. A preocupação é tanto poder embarcar em ônibus, sem reclamação, quanto fazer a bike caber, de fato! Já há algum tempo, a Cometa, por exemplo, lançou uma nota com a indicação de que ciclistas são "bem-vindos" e q a bike pode embarcar tranquilamente sem ser embalada. Isso é lindo, ótimo, maravilhoso, já andei de cometa algumas vezes, tanto antes dessa nota quanto depois, mas tem hora que não basta a boa vontade, tem que ter espaço de verdade no bagageiro. Na ida pro audax holambra, de BH pra Campinas, peguei o ônibus lotado e bagageiro empinhocado de malas enormes! Não imaginei que isso fosse acontecer numa quinta-feira. E a fox ocupa um espaço razoável e é bem diferente de uma mala, que aceita bem outra malas em cima. e uma bike rodeada de malas é uma coisa, fica até "seguro" pra todo mundo, já uma bike rodeada de vários andares de malas, fica perigoso pra bicicleta. Felizmente, coube, mas eu já estava pronto para trocar minha passagem (o q não seria nada fácil, pois só tem um horário BH-Campinas, eu teria q pegar algum pra SP).

Minha ideia seria retirar as rodas, soltar a suspensão e dobrar o garfo traseiro, como é a ideia das dobras do Davilson. Só que o Davilson faz o eixo da balança em ângulo, permitindo que, na dobra, o garfo traseiro fique ao lado do garfo dianteiro (e não entrando em choque). Cheguei a mandar um mail pra Nazca levantando essas questões (não da dobra em ângulo, mas sobre um possível desmonte), e me mandaram alguns links de cicloviajantes e pediram pra eu mesmo procurar as fotos das bikes sendo transportadas, quase sempre inteiras. Eu estava só com celular nos dias que recebi essa resposta, então acabei não conseguindo pesquisar direito, mas também não adianta muito, transportar bike inteira é minha especialidade, só queria que não fosse pig hahha!!!

artur elias escreveu:
Eu acho que a reclinada do futuro (do meu pelo menos) terá essa possibilidade:
aro 700c e liberdade de montar rodas/pneus pra qualquer tipo de terreno.
Excelente rodagem, conforto, muitos pneus de qualidade pra escolher.
É o "mote" do quadro das Metabikes, né, uma pena a falta de suspa traseira. Eu acho que pneu de alta pressão (sempre bem protegido, please!) combinado com suspensão traseira uma alternativa mais "rápida", com menos perda de energia e talvez com mais conforto, do que uma bike rígida com um pneu de baixa pressão ou algo muito macio como um Big Apple. Não sei se estou certo, mas tenho essa impressão. Tenho um pouco de aflição de pneu muito largo; já acho 1.5 demais, e nem acho que é suficientemente mais confortável, dependendo do terreno. O paulw do brol direto recomenda pneus de estrada sem câmara, pra poder rodar com menos pressão, mas acho q isso só atende o amortecimendo de minúsculas irregularidades de estradas já boas.

artur elias escreveu:
Por outro lado, no caso da M5, deve aumentar a interferência pneu/calcanhar. Do jeito que é com rodas 26,
não vejo maior problema; mas não sei onde fica o meu limite do confortável/aceitável nesse quesito.
Nem tinha pensado nisso; olhando a foto, nessa montagem parece crítico. Ali tem jeitão nem de heel strike, é pedal strike, mesmo. Se tiver q deixar o boom bem curto, deve ficar problemático.

Rudinei Pimentel escreveu:
A vantagem, ao meu ver, seria que as pernas não ficariam tão inclinadas, já que a diferença de altura, usando os pneus 26x1,5 na frente e 700x32 atrás seria de 5 cm. Com a roda traseira 5 cm mais alto, a diferança entre a pedivela e o banco ficaria em 8cm.
O Roberto já abriu outro tópico e concordo com a opinião dele, só não sei se a diferença de altura são esses 5 cm todos aí.

duram escreveu:
uma dúvida: essas bikes são grandes devido a serem aluminio
e usarem tubos de 2 ou 3 polegadas? vi algumas na Bélgica e não
gostei por parecerem brutas, as de Chromolly são menores e mais bonitas
mas só tem na América
as bikes "grandes" q aparecem no vídeo são de carbono, Daniel! Quanto a "só ter na América", acho que é bem o contrário: não vejo as M5 de cromo serem muito populares por lá, não. Acho que, das europeias, Optima e Challenge são geralmente as mais citadas no BROL.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Seg Jan 14, 2013 7:11 pm

ninocoutinho escreveu:
artur elias escreveu:
Eu acho que a reclinada do futuro (do meu pelo menos) terá essa possibilidade:
aro 700c e liberdade de montar rodas/pneus pra qualquer tipo de terreno.
Excelente rodagem, conforto, muitos pneus de qualidade pra escolher.
É o "mote" do quadro das Metabikes, né, uma pena a falta de suspa traseira. Eu acho que pneu de alta pressão (sempre bem protegido, please!) combinado com suspensão traseira uma alternativa mais "rápida", com menos perda de energia e talvez com mais conforto, do que uma bike rígida com um pneu de baixa pressão ou algo muito macio como um Big Apple. Não sei se estou certo, mas tenho essa impressão. Tenho um pouco de aflição de pneu muito largo; já acho 1.5 demais, e nem acho que é suficientemente mais confortável, dependendo do terreno. O paulw do brol direto recomenda pneus de estrada sem câmara, pra poder rodar com menos pressão, mas acho q isso só atende o amortecimendo de minúsculas irregularidades de estradas já boas.
A Metabikes acertou em cheio com essa idéia de quadro multiuso, mas tenho minhas reservas devido às variações no ângulo da caixa de direção, dependendo do garfo e das rodas utilizadas. O tamanho efetivo (crown to axle distance) dos garfos de MTB (26") é maior que o dos garfos de estrada (700c). Os garfos 29er, então, são maiores ainda. Quanto maior esse tamanho efetivo, menor será o ângulo da caixa de direção de um quadro único. Não acho que seja possível um mesmo quadro aceitar todas essas configurações e a dirigibilidade ficar igualmente boa em todas elas.

Na prática, será que é tão bom poder alternar entre rodas 700c com pneus finos de alta pressão por rodões 26" com pneus cravudos? Trocar de uma configuração para outra (inclusive os freios de estrada por freios a disco) acaba sendo meio trabalhoso. Acredito que a maioria dos usuários da Metaphysic monte apenas uma configuração e use sempre a mesma.


ninocoutinho escreveu:
duram escreveu:
uma dúvida: essas bikes são grandes devido a serem aluminio
e usarem tubos de 2 ou 3 polegadas? vi algumas na Bélgica e não
gostei por parecerem brutas, as de Chromolly são menores e mais bonitas
mas só tem na América
as bikes "grandes" q aparecem no vídeo são de carbono, Daniel! Quanto a "só ter na América", acho que é bem o contrário: não vejo as M5 de cromo serem muito populares por lá, não. Acho que, das europeias, Optima e Challenge são geralmente as mais citadas no BROL.
Esse "tubões" podem não ser tão elegantes, mas são eles que tornam os quadros resistentes a torções. Só não são usados nas reclis de aço porque estas ficariam pesadas demais.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
artur elias



Mensagens : 541
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Ter Jan 15, 2013 6:28 am

Citação :

Na prática, será que é tão bom poder alternar entre rodas 700c com pneus finos de alta pressão por rodões 26" com pneus cravudos? Trocar de uma configuração para outra (inclusive os freios de estrada por freios a disco) acaba sendo meio trabalhoso. Acredito que a maioria dos usuários da Metaphysic monte apenas uma configuração e use sempre a mesma


Não tenho experiência com isso (ainda), mas eis o que eu acho que faria se tivesse uma reclinada
700x700 com um perfil relativamente esportivo:

abusaria da possibilidade de trocar pneus; balão para estrada de terra e/ou ruas não asfaltadas,
slick fino para máximo rendimento em asfalto, intermediário para o dia-a-dia (ou variações disso).

Talvez até me desse ao luxo de ter 2 pares de roda, um mais leve e outro mais robusto.

Assim não precisa recorrer a freio a disco nem mudar tamanho de roda para usufruir da versatilidade.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pespracima.blogspot.com
artur elias



Mensagens : 541
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Ter Jan 15, 2013 6:36 am

Hmmm, numa dessas dá pra convencer o Bram a vender um garfo traseiro 29" -
nada impossível, eles vendem partes do quadro pelo site até.[/quote]
O garfo traseiro "sai" fácil, Artur? A suspensão, também?


Bom, eu não diria que é difícil, mas diria que é um pouco trabalhoso -
pode valer a pena para um viagem mais longa, se você estiver motivado
e esse for um ponto decisivo...

Na M5, o pivô da balança é o mesmo parafusão que a une ao quadro principal
(diferente de Nazca e Challenge) - e tbém serve de eixo e fixação para a polia
(3x1 - típica genialidade Bram Moens).

Então você tem que desparafusar e aí já separa o quadro do garfo traseiro;
depois de tirar o amortecedor que leva outros 2 parafusos. Simples, mas meio chato.

Dá pra ver bem aqui (por acaso), nesta postagem antiga do Pés pra Cima!

http://pespracima.blogspot.com.br/2007/08/mistrio.html
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pespracima.blogspot.com
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Ter Jan 15, 2013 7:04 am

Mordaz escreveu:
A Metabikes acertou em cheio com essa idéia de quadro multiuso, mas tenho minhas reservas devido às variações no ângulo da caixa de direção, dependendo do garfo e das rodas utilizadas. O tamanho efetivo (crown to axle distance) dos garfos de MTB (26") é maior que o dos garfos de estrada (700c). Os garfos 29er, então, são maiores ainda. Quanto maior esse tamanho efetivo, menor será o ângulo da caixa de direção de um quadro único. Não acho que seja possível um mesmo quadro aceitar todas essas configurações e a dirigibilidade ficar igualmente boa em todas elas.
É, vc já comentou issa outras vezes, e concordo.

artur elias escreveu:
Talvez até me desse ao luxo de ter 2 pares de roda, um mais leve e outro mais robusto.

Assim não precisa recorrer a freio a disco nem mudar tamanho de roda para usufruir da versatilidade.
Isso também já foi sugestão do Roberto pra mim, e deve valer a pena. Só não sei se eu 'abusaria' de grandes contrastes, tlvz no meu caso valesse a pena apenas trocar os pneus.

artur elias escreveu:
Bom, eu não diria que é difícil, mas diria que é um pouco trabalhoso -
pode valer a pena para um viagem mais longa, se você estiver motivado
e esse for um ponto decisivo...

Na M5, o pivô da balança é o mesmo parafusão que a une ao quadro principal
(diferente de Nazca e Challenge) - e tbém serve de eixo e fixação para a polia
(3x1 - típica genialidade Bram Moens).

Então você tem que desparafusar e aí já separa o quadro do garfo traseiro;
depois de tirar o amortecedor que leva outros 2 parafusos. Simples, mas meio chato.

Dá pra ver bem aqui (por acaso), nesta postagem antiga do Pés pra Cima!

http://pespracima.blogspot.com.br/2007/08/mistrio.html
Ótima foto, Artur, valeu! Entendi a explicação, é trabalhoso, realmente, mas quando a gente quer e precisa, realmente faz rsrsrs! O fróids é que esse tipo de desmontagem nem chega a diminuir tanto assim o espaço ocupado. Tudo bem q retira todo o espaço roda traseira, mas que no fundo, seria o tamanho de uma mala grande. E ainda tem q enfiar a roda e a garfo traseiro em algum lugar. E pedivela lá na frente é outra coisa que ocupa um espaço desajeitado, com bike deitada, e mexer na extensão do central, acho problemático. Alojar ela em pé, também é bem mais arriscado, um tanto demorado e em nem todos os ônibus é possível. Mas ficou de inspiração, deu pra ver que não é impossível Wink .
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
artur elias



Mensagens : 541
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Qua Jan 16, 2013 7:56 pm


Repensei o assunto, após observar (namorar, na verdade) longamente a minha Shock Proof e compará-la com a foto acima.

Não, acho que dessa vez tá mais pra oportunismo do que pra design.

A esta Shock Proof 700/29 falta a harmonia, a proporção entre roda e entre-eixos e altura do banco e tudo mais,
que a 559 tem (talvez por acaso, uma vez que ela tbém é uma versão meio oportunista do modelo original,
que é o 406/451).

Já a CaHi, com aro 700c, com seu entre-eixos estendido e linhas totalmente novas, dedicadas e funcionais, é como um animal na natureza, um leopardo ou uma onça-preta, tudo nela parece funcionar perfeito.

A Metaphysik tem tbém esse problema de proporções; mas eu me acostumei com o visual dela, e atualmente acho que as vantagens superam bastante as desvantagens.

Se até eu completar 50 anos não aparecer nada com melhor custo-benefício; e se eu não tiver outra idéia melhor; se eu desistir de desenhar minha própria reclinada 29; se não me libertar desse tipo de apego; se houver $ disponível; dar-me-ei uma Metaphysik como presente de meio século. Ainda faltam 6 anos. santa

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pespracima.blogspot.com
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Qua Jan 16, 2013 11:26 pm

ninocoutinho escreveu:
Isso também já foi sugestão do Roberto pra mim, e deve valer a pena. Só não sei se eu 'abusaria' de grandes contrastes, tlvz no meu caso valesse a pena apenas trocar os pneus.
Comentei anteriormente sobre a vantagem das rodas 26" por permitir pneus desde finos de alta pressão até balões ou cravudos, mas, infelizmente, a Schwalbe desistiu de lançar o Ultremo ZX no diâmetro de 559 mm (26"). Esses pneus, montados em aros aero com largura interna da 19 mm (típicos de mtb) seriam aerodinamicamente equivalentes a pneus 700c montados em aros Velocity A23 (aros largos), com a vantagem de os aros aero de mtb serem muitíssimo mais baratos.

Seja como for, a dica das rodas 26" ainda vale, supondo-se o uso de Duranos no tamanho 26". Talvez sejam até uma opção mais "realista" que os frágeis Ultremos, mas certamente não são tão rápidos.


Artur, voltando à ShockProof, já lhe ocorreu alguma vez usar rodas e pneus 650c como uma alternativa mais rápida em estrada? O aro 650c é quase do mesmo diâmetro que o 26", e provavelmente os v-brakes alcançam.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
artur elias



Mensagens : 541
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Qui Jan 17, 2013 2:58 pm

Citação :
Comentei anteriormente sobre a vantagem das rodas 26" por permitir pneus desde finos de alta pressão até balões ou cravudos


Pois então, o que me parece é que a moda do 29" estendeu essa versatilidade para o aro 700c; com menos opções na "ponta mais larga", mas ainda sim com muitas opções de pneu balão de alta qualidade (ainda que importado), urbanos, ciclocross, e MTB. Menos resistência à rolagem, menos necessidade de suspensão pelo maior diâmetro.

Citação :
Seja como for, a dica das rodas 26" ainda vale, supondo-se o uso de Duranos no tamanho 26". Talvez sejam até uma opção mais "realista" que os frágeis Ultremos, mas certamente não são tão rápidos.

Estou usando Durano 26x1.35. Comprei com a expectativa de enorme resistência e durabilidade, para substituir os Marathon Racer que são ótimos mas estavam bem baleados depois de 3 anos.

Citação :

Artur, voltando à ShockProof, já lhe ocorreu alguma vez usar rodas e pneus 650c como uma alternativa mais rápida em estrada? O aro 650c é quase do mesmo diâmetro que o 26", e provavelmente os v-brakes alcançam.

Como vocês sabem, não me interesso muito por vantagens mínimas de desempenho (nada contra quem se interessa, claro). Para o meu uso e mentalidade, não valeria a pena o investimento e a dor de cabeça para repor câmaras e pneus. Sem falar no conforto; já acho o Stelvio 26x1.1 fino demais. Em 650c praticamente não existe nada que não seja definitivamente "fino demais".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pespracima.blogspot.com
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Qui Jan 17, 2013 7:14 pm

artur elias escreveu:
Estou usando Durano 26x1.35. Comprei com a expectativa de enorme resistência e durabilidade, para substituir os Marathon Racer que são ótimos mas estavam bem baleados depois de 3 anos.
Não sabia que existia um Durano 26"x1.35". Pensava que, nessa medida, só havia o Kojak.

artur elias escreveu:
Como vocês sabem, não me interesso muito por vantagens mínimas de desempenho (nada contra quem se interessa, claro). Para o meu uso e mentalidade, não valeria a pena o investimento e a dor de cabeça para repor câmaras e pneus. Sem falar no conforto; já acho o Stelvio 26x1.1 fino demais. Em 650c praticamente não existe nada que não seja definitivamente "fino demais".
Uma vantagem mínima aqui... outra ali... De grão em grão...

Talvez converter a sua ShockProof para 700c/29" seja apenas uma "vantagem mínima"!

No quesito conforto, tens razão. Quando se privilegia velocidade em detrimento de tudo mais, a reclinada acaba ficando pouco prática, só quer saber de asfalto lisinho...

Com as convencionais, parece não ser assim. Outro dia estava eu pedalando forte com um speedeiro no meu encalço e um quebra-molas à frente. Naturalmente, tive de reduzir a velocidade. O speedeiro não. Ele puxou a bike para cima e pulou o quebra-molas com perfeição. Detalhe: o cara estava com um caríssimo par de rodas Zipp!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
artur elias



Mensagens : 541
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Qui Jan 17, 2013 9:07 pm



Citação :
Talvez converter a sua ShockProof para 700c/29" seja apenas uma "vantagem mínima"!

Ah, já me curei dessa fantasia. A minha M5 tá muito redondinha do jeito que ela é. Vantagem mesmo só em uma bicicleta projetada pra isso (e bem). Aí tem várias, e significativas eu acho.

Ah, no fóum alemão eles arrasaram com a Shock Proof 29. Grande novidade... A alemoada arrasa com (quase) tudo.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pespracima.blogspot.com
artur elias



Mensagens : 541
Data de inscrição : 11/02/2009

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Sex Jan 18, 2013 9:49 am

Pode ser bobagem.

Quando que eu pego a minha "bicicleta de chuva" - que é uma híbrida dos anos 90, quadro e garfo cromolly,
a mesma que serviu de base para a Bicicletona II e custou módicos 500 reais em perfeitas condições de uso
(hoje reconvertida para sua forma original)

http://pespracima.blogspot.com.br/2012/01/bicicletona-ii-modificacoes-e.html

minha primeira impressão sempre é a seguinte:

puxa, essa bicicleta roda tão fácil, tão desesforçadamente, tão smooooooooth.

O rodado dela é 700x38 - bem próximo do que seria uma bike 29".
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pespracima.blogspot.com
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Sex Jan 18, 2013 2:28 pm

Mordaz escreveu:
Não sabia que existia um Durano 26"x1.35". Pensava que, nessa medida, só havia o Kojak.
Eu acho que é uma medida nova. Estava "estudando" essa opção há uns dias atrás. Pelo que me recordo, só tem na versão Durano Plus, que é a que me interessa. Infelizmente, essa versão só tem de arame, que faz a importação ficar arriscada de taxação, por causa do tamanho do pacote. Já recebi pneu aro 26 dobrado em oito, numa caixa pequena, que passou batido, mas da última vez mandaram inteiros nuns sacos pretos tipo de lixo, e ficou na receita. Já pneu dobrável, sempre vem em caixa pequena. O 700x23 do durano plus tem na versão dobrável, acho que foi assim que recebi.

Aliás, a CRC anda exagerando nas caixas. Recentemente, tive que pagar imposto em duas encomendas: uma foi uns paralamas para speed da topeak; eles são super sossegados e vierem numa caixa do tamanho do mundo. Outro foi umbagageiro de canote da topeak também, que também não era grandes coisas mas colocaram numa caixa igualmente gigante... Sad

Mordaz escreveu:
Com as convencionais, parece não ser assim. Outro dia estava eu pedalando forte com um speedeiro no meu encalço e um quebra-molas à frente. Naturalmente, tive de reduzir a velocidade. O speedeiro não. Ele puxou a bike para cima e pulou o quebra-molas com perfeição. Detalhe: o cara estava com um caríssimo par de rodas Zipp!
Speed passa por quebra-molas com a maior facilidade, e eu fico na maior alegria! Vc tem razão com essa conclusão sua aí, de que convencionais em configurações mais "duras", digamos que ficam mais 'versáteis' que as reclinadas, sofrem menos com as irregularidades. Agora, eu não "pulo" nada de speed, não, no máximo desço uma guia de calçada. Ela que pula sozinha, com o rodão!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Sex Jan 18, 2013 6:04 pm

ninocoutinho escreveu:
Mordaz escreveu:
Não sabia que existia um Durano 26"x1.35". Pensava que, nessa medida, só havia o Kojak.
Eu acho que é uma medida nova. Estava "estudando" essa opção há uns dias atrás. Pelo que me recordo, só tem na versão Durano Plus, que é a que me interessa.
Interessa por ser mais à prova de furo que o Kojak? O Kojak deve rolar melhor.

ninocoutinho escreveu:
Infelizmente, essa versão só tem de arame, que faz a importação ficar arriscada de taxação, por causa do tamanho do pacote. Já recebi pneu aro 26 dobrado em oito, numa caixa pequena, que passou batido, mas da última vez mandaram inteiros nuns sacos pretos tipo de lixo, e ficou na receita. Já pneu dobrável, sempre vem em caixa pequena. O 700x23 do durano plus tem na versão dobrável, acho que foi assim que recebi.

Aliás, a CRC anda exagerando nas caixas. Recentemente, tive que pagar imposto em duas encomendas: uma foi uns paralamas para speed da topeak; eles são super sossegados e vierem numa caixa do tamanho do mundo. Outro foi umbagageiro de canote da topeak também, que também não era grandes coisas mas colocaram numa caixa igualmente gigante... Sad
Acho que a amostragem da receita é aleatória. Da CRC, já recebi direto um par de Kojaks de arame numa caixa bem grande, e tive um Conti Gatorskin folding e um cassete retidos (compras distintas, em caixas pequenas).
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Seg Jan 21, 2013 1:46 pm

Mordaz escreveu:
Interessa por ser mais à prova de furo que o Kojak?
Mas é CRARO!

Mordaz escreveu:
O Kojak deve rolar melhor.
Honestamente, mesmo que sua experiência (e de outros) com pneus "rápidos" prove o contrário, eu não consigo acreditar que, no meu uso, um pneu de mesma medida e praticamente mesma pressão, apenas com peso e materiais ligeiramente diferentes, façam diferença significativa na "rolagem". Eu prefiro estar mais protegido. Na sundown uso gastorskin e durano plus, ambos 700x23 e ambos COM fita antifuro, e até hoje, nada aconteceu de furos. Talvez eu andasse mais rápido com Michelin Pro 3 Race ou coisa parecida (o quão mais rápido???), mas será que passaria ileso pelas ruas, estradas, pontes e acostamentos sujos?

Recentemente peguei mais uma bike com 700C (x23, com pneus genéricos) e a primeira coisa que fiz foi correr na loja e comprar as fitas anti-furo, e claro instalá-las. Mas já descolei um durano 700x28 ao menos pra dianteira (o pneu de trás era genérico, o da frente era MAIS GENÉRICO Laughing ), q estou esperando chegar. Infelizmente não era plus, mas estava numa boa oferta.

Mas pneu é um trem no qual não tenho a mínima vontade de economizar, em bike... é o que está mais exposto e o que mais pode te fuder, sem nenhum controle que vc possa exercer. pale

Dito isso, o que mais se vê ultimamente são os cacos de vidro verdes, de Heineken e Stella Artois. Ô moda sem graça! Os novos babacas agora tomam cerveja de garrafinha verde Evil or Very Mad ! Bacanas eles, né? Mas não tem lugar pras garrafas vazias dentro de seus carrinhos drunken ...

Mordaz escreveu:
Acho que a amostragem da receita é aleatória. Da CRC, já recebi direto um par de Kojaks de arame numa caixa bem grande, e tive um Conti Gatorskin folding e um cassete retidos (compras distintas, em caixas pequenas).
É, às vezes tenho essa suspeita, mas ainda não tive caixa pequena retida. Uma vez passou uma caixa bem grande de paralamas; era especialmente grande, veio dos States, e chegou direto em casa.

Estou pra comprar um bagulhinho que só vem por DHL. É certeza de taxação, não? Com frete e excluindo o vat, vai dar 99 euros. 270 reais sem imposto nenhum; se cair em imposto, aqui em Minas resulta no dobro! Crying or Very sad Crying or Very sad

Semana passada recebi uma encomenda com rastreio, que achei que também era certeza de taxar, mas chegou direto lá em casa.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Seg Jan 21, 2013 6:46 pm

ninocoutinho escreveu:
Honestamente, mesmo que sua experiência (e de outros) com pneus "rápidos" prove o contrário, eu não consigo acreditar que, no meu uso, um pneu de mesma medida e praticamente mesma pressão, apenas com peso e materiais ligeiramente diferentes, façam diferença significativa na "rolagem". Eu prefiro estar mais protegido. Na sundown uso gastorskin e durano plus, ambos 700x23 e ambos COM fita antifuro, e até hoje, nada aconteceu de furos. Talvez eu andasse mais rápido com Michelin Pro 3 Race ou coisa parecida (o quão mais rápido???), mas será que passaria ileso pelas ruas, estradas, pontes e acostamentos sujos?
Alguma diferença faz, mas reconheço que não é TANTA assim... Eu gosto de correr, então, uma ajudinha aqui, outra ali... são pequenas vantagens que se somam e fazem, se não uma grande, pelo menos alguma diferença.

Dito isso, estou propenso a deixar de usar os Pro 3 Race. Quando estão novos, quase não furam, mas conforme se vai usando, vão ficando finos e furam com mais frequência. E são frágeis. Os dois que estou usando na PHR já estão com cortes (cortes mesmo, e não furos), devidamente remendados com minha técnica exclusiva de pão-duro: um remendo redondo de plástico (aquele plástico que usei para fazer viseiras) por dentro do pneu, preso com cola de contato e com silver tape por cima para proteger a câmara. Ambos os pneus estão com consertos assim. Vou usar até gastar. Depois coloco um par de Gatorskins.

Para mim, o Gatorskin e o Durano (não-plus) têm proteção suficiente. Nunca tive furos com eles. Também não me parecem ser tão mais lentos. É difícil precisar isso, porque minhas variações de disposição física de um dia para outro superam as diferenças entre os pneus.

Os pneus subjetivamente mais rápidos que já usei foram um par de Continental Force/Attack (22mm frente, 24 mm trás). Borracha bem fina. São também os mais frágeis que já usei, mais até que o Pro 3 Race.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Seg Jan 21, 2013 6:50 pm

Curiosidade: Depois de ter de voltar empurrando a bike por não ter meios de consertar um dos cortes de que falei (ainda bem que foi perto de casa), passei a levar um pedaço de plástico e uma tira de silver tape junto com o kit remendo, e mais um pneu extra!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Ter Jan 22, 2013 8:48 am

Mordaz escreveu:
Curiosidade: Depois de ter de voltar empurrando a bike por não ter meios de consertar um dos cortes de que falei (ainda bem que foi perto de casa), passei a levar um pedaço de plástico e uma tira de silver tape junto com o kit remendo, e mais um pneu extra!
É, já ouvi falar de pessoal que leva pedaços de garrafa pet, mais silver tape, que servem justamente pra isso. Agulha de costura e fio dental, também.

Depois que tive que tirar do marathon um daqueles araminhos/grampinhos que acidentalmente invadem nossos pneus na estrada, passei a estar disposto a levar sempre (mas ainda não efetivei) uma pinça. Eu só consegui tirar a porcaria com uma pinça, mas estava em casa (cheguei em casa sem perceber furo nenhum, só foi esvaziar no dia seguinte). No audax holambra, logo no início, um compadre meu teve um furo no Durano, 700x28, sem fita antifuro, pelo mesmo motivo. Parei para auxiliar (na verdade foi só um apoio moral) e ele teve boa dificuldade pra tirar o grampinho do pneu.

Tipo assim:



Isso é um schwalbe marathon 26x1,5 com fita antifuro. Mas não acho que foi esse grampinho que furou, não; tinha um outro enfiado mais de lado, onde tanto o pneu tem menos proteção, quanto a fita não alcança.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Ter Jan 22, 2013 9:07 am

Boa idéia essa da pinça. Mas talvez seja melhor um pequeno alicate de bico.

Há muito tempo, ainda com a EXD, ao tentar trocar uma câmara, não consegui porque a válvula tinha grudado no aro de tal forma que não saía de jeito nenhum. Acho que o aro oxidou e preencheu o espaço ao redor da válvula. Grudou que parecia uma solda. Tive de chamar o "apoio", não para me levar de volta ou a bike, mas para me trazer um alicate!

Na época eu não levava kit remendo, apenas câmaras extras. Ultimamente tenho preferido não trocar câmaras furadas por novas, mas remendá-las na rua mesmo, sem sequer tirá-las por completo da roda. Perco um tempo a mais esperando a cola secar, mas dá menos trabalho.

Será que existe alguma cola de contato instantânea?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Ter Jan 22, 2013 12:10 pm

Mordaz escreveu:
Há muito tempo, ainda com a EXD, ao tentar trocar uma câmara, não consegui porque a válvula tinha grudado no aro de tal forma que não saía de jeito nenhum. Acho que o aro oxidou e preencheu o espaço ao redor da válvula. Grudou que parecia uma solda. Tive de chamar o "apoio", não para me levar de volta ou a bike, mas para me trazer um alicate!
Comigo aconteceu algo parecido, foi na minha rotina de sair do trabalho aqui, e ir direto pra rodoviária pedalando, embarcar a bike no busão pra ir pra BH, pros ensaios. Era de noite e, assim que cheguei à plataforma, percebi o pneu da frente murchinho, murchinho! E um grampo nele, desta vez grampo mesmo, e não aramezinho, com duas pontas, as duas fincadas no pneu. Eu já ia embarcar direto, então tirei a roda dianteira da bike, coloquei quase toda a bike no bagageiro e levei mais algumas ferramentas pra dentro do busão, pra fazer o reparo ali mesmo:



Eu tinha uma câmara reserva mas fiz como vc, optei pelo remendo. Mas tirando a câmara do aro (apesar de vc já ter falado disso aqui, nunca me toquei, na hora, de que posso remendar a câmara sem retirá-la), e foi um estorvo! Não saía por nada, e no caso acho que era parte da fita de aro (aquelas zefal adesivas, tipo velox, meio esparadrapo) que estava encaixada no orifício. O alicate e o cabo vermelho na foto, que se me lembro bem era uma chave de fenda, não eram meus, mas do tiozinho sentado ao lado, que sei lá pq, tinha essas ferramentas na mochila! Foram fundamentais, tanto pra tirar a válvula na marra, quanto pra colocar o pneu, depois. Ah, agora lembrei, não era a fita de aro obstruindo, não, mas o próprio bico da válvula schrader já tava bem regaçado, com uma parte mais larga que o comum, e não passava pelo orifício por nada. Por sorte a viagem pra BH dura umas 2 horas, então apesar de gastar muito tempo na operação, cheguei ao destino com câmara remendada, pneu reencaixado e cheinho de ar!

Depois disso coloquei fitas antifuro nesse pneu, mas não sei se no caso daquele grampo iria segurar. Se por acaso a fita segurasse, mesmo assim o grampo ficaria enfiado no pneu, o que uma hora ia dar pau, ou pelo menos me fazer tirar o pneu pra tirar o grampo e averiguar se tem algo a mais por dentro.

Hje em dia tenho COLOCADO o pneu de volta, mais facilmente. Minhas últimas trocas foram bem mais sossegadas, em geral colocando de volta sem ferramentas, só com a mão (seguindo a dica de enfiar as laterais do pneu bem fundas, na base do aro, dando mais sobra pra enfiar onde não está enfiado clown ).

Mordaz escreveu:
Será que existe alguma cola de contato instantânea?
Eu tenho vontade, mas receio, de experimentar aqueles remendos que não precisam de cola a mais, é como se fosse um band-aid. Se não me engano, tem da topeak e da park tool.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2197
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Qua Jan 23, 2013 7:41 am

ninocoutinho escreveu:
Mordaz escreveu:
Será que existe alguma cola de contato instantânea?
Eu tenho vontade, mas receio, de experimentar aqueles remendos que não precisam de cola a mais, é como se fosse um band-aid. Se não me engano, tem da topeak e da park tool.
Ouvi dizer que aquilo deve ser encarado como remendo temporário.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: M5 Shock Proof 29er   Hoje à(s) 7:34 am

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
M5 Shock Proof 29er
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 2Ir à página : 1, 2  Seguinte

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Ciclismo reclinado geral-
Ir para: