InícioInício  RecliforumRecliforum  CalendárioCalendário  FAQFAQ  BuscarBuscar  MembrosMembros  GruposGrupos  Registrar-seRegistrar-se  LoginLogin  

Compartilhe | 
 

 sobre tamanho dos rotores em reclinadas

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Qui Ago 09, 2012 8:08 pm

Pessoal, numa reclinada de aros 26 com freio a disco, quais vcs consideram as medidas ideias de rotores, na frente e atrás?

Percebi ser algo comum o pessoal vender pares de freios com rotores 160 mm, por exemplo, mas tb percebi o costume de usar duas medidas, como 203 na frente e 160 ou 180 atrás... Com as justificativas de concentração de peso, na frenagem, na frente, e de q o rotor traseiro é mais fácil de travar se tivermedida grande..

O que vcs acham? Numa high-racer por exemplo, seria ideal uma preocupação semelhante?

Tenho impressão de q a maioria dos reclineiros q usam disco não estão no recliforum. Mas acho q muitos já usaram ouu mesmo usam, e tlvz tenham ideias a respeito.

abraços!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2200
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Qui Ago 09, 2012 10:54 pm

Eu diria, pela minha limitada experiência, que o mesmo se aplica a high-racers. É relativamente fácil travar a roda traseira, talvez tanto quanto em uma bici convencional. Faz sentido usar um disco maior na frente.

Mas você acha mesmo necessário usar freio a disco? São mais pesados e exigem rodas com mais raios (mais pesadas e menos aero; cubos para disco também são mais pesados). Acho que só são vantajosos sob chuva, não?

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sex Ago 10, 2012 5:32 pm

Mordaz escreveu:
Eu diria, pela minha limitada experiência, que o mesmo se aplica a high-racers. É relativamente fácil travar a roda traseira, talvez tanto quanto em uma bici convencional. Faz sentido usar um disco maior na frente.
É o que imaginei. Gracias.

Mordaz escreveu:
Mas você acha mesmo necessário usar freio a disco? São mais pesados e exigem rodas com mais raios (mais pesadas e menos aero; cubos para disco também são mais pesados). Acho que só são vantajosos sob chuva, não?
Pra minha ideia de reclinada apta para os vários tipos de ocasião (não adianta, eu realmente acho q não vou conseguir especializar nenhuma), eu decidi que um bom freio a disco mecânico vai me atender melhor que os v-brakes, seja nos audaxes, em cicloviagens e em tudo mais.

E eu nem me considero mal servido de v-brakes... na Miyamura coloquei Deore XT; na Fox, é Avid SD7, isso só pra falar dos de grife, agora todas as outras bikes têm freios aceitáveis, inclusive os logan, q se bem regulados e com umas sapatinhas GTS de refil q andam fáceis de se encontrar por aí, e baratíssimas, funcionam pra lá de bem. Só tenho amargado um pouco com os da speed q são uns mavic antigos que já levei em duas oficinas e ninguém conseguiu dar uma regulagem perfeita. melhorou muito, mas tenho certeza q pode ser melhor. mas não é investimento a ser feito hoje, pois preciso trocar antes o cassete, q não tá casando com a corrente nova).

O que me cansa nos v-brakes é fritarem os aros em descidas longas - aquelas nas quais se aciona o freio quase q o tempo todo, por serem ou esburacadas, ou muito íngremes. Passei por isso várias vezes nessa cicloviagem. Numa não tinha o que fazer, foi qndo desci pra uma praia escondida na região das usinas de angra. Ali nem era longa, mas era muito inclinada, não tinha jeito de parar no meio, qndo cheguei lá embaixo e encostei no aro, queimei meu dedo! Não é mentira de cicloviajante rabbit !!! Nessas ocasiões, eu temo pela câmara de ar. Já ouvi muito relato de estouro por super aquecimento, nessas condições. Outras vezes que rolaram foram nos caminhos de terra. Às vezes, se vc não pára no início da descida e não tem jeito de parar no meio, já "elvis", vai ter q seguir até o final freiando. Mas na maioria das vezes dá pra ir parando, é o q faço sempre. Aí eu desço da bike e espero esfriar. Não sei se só eu faço assim. Nos poucos caminhos de terra q já peguei por aqui, tb fiz do mesmo jeito. Mas é chato ficar parando sendo que vc pode continuar descendo e descendo...

Sei q com freios a disco hidráulicos, o aquecimento das pastilhas, nas descidas longas, pode fazer o óleo "descer" e vc ficar sem freio na hora. Assim, acho q os mecânicos são vantagem pro meu uso, que não preciso "daquela" modulação tão fina. Aliás, acho a modulação dos meus v-brakes suficiente, mais gradação q isso, não vejo utilidade.

E, claro, na chuva v-brake é um saco, q além de deixar vc sem freio e acabar com suas sapatas, parece acabar com os aros, também!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2200
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sex Ago 10, 2012 9:23 pm

Essa conversa tem um pouco a ver com algo em que venho pensando... uma roda dianteira com um aro 700c de perfil alto em carbono.

Atualmente encontram-se disponíveis tais aros no mercado (chinês) a preços não tão absurdos (principalmente se os compararmos com os preços de rodas Zipp, HED e outras de marca).

Porém, um grande problema nos aros de carbono em geral é o aquecimento em frenagens prolongadas. O carbono não dissipa calor como o alumínio, e a alta temperatura pode afetar o epóxi.

Uma solução que permite usar esses aros menos caros sem problemas é o freio a disco, com a vantagem colateral de frear bem melhor, em comparação com freios de speed.

Para isso, bastaria substituir o garfo de estrada por um garfo de cross (700c) ou mesmo de mtb (26") e montar uma roda com o tal aro de carbono e um cubo para disco. Seria uma combinação bizarra! Já consigo imaginar a cara de nojo de alguns espideiros. Evil or Very Mad

O problema é que a distância entre eixo e "crown" nos garfos de cross/mtb é um pouco maior que nos garfos de estrada, reduzindo o ângulo da caixa de direção em mais de 2 graus, pelo que calculei. Suficiente para avacalhar a dirigibilidade, além de "subir" (ruim) e "deitar" mais (não necessariamente ruim) a recli.

Ainda estou amadurecendo a idéia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Mordaz



Mensagens : 2200
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sex Ago 10, 2012 11:29 pm

Achei um autêntico garfo de estrada (nas dimensões), mas para freio a disco.



Nas fotos, o garfo Enve Road 2.0 Disc, ao lado da versão Cyclocross.

O banho de água fria foi descobrir que não é padrão 1-1/8" (over), mas um tal de "1.5" tapered" (pelo visto, maior embaixo que em cima).

Desculpem o "roubo" do tópico.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Marcus Del Mastro



Mensagens : 899
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 42
Localização : Sorocaba - SP

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sab Ago 11, 2012 10:58 am

Nino, talvez só o freio dianteiro a disco resolva, não? Facilita, inclusive na passagem dos cabos.

Essa história de desgastar o aro, eu também fico cabreiro...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pocketcar.org
Mordaz



Mensagens : 2200
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sab Ago 11, 2012 2:00 pm

Marcus Del Mastro escreveu:
Essa história de desgastar o aro, eu também fico cabreiro...
Alguns aros de alumínio têm um indicador de desgaste.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Marcus Del Mastro



Mensagens : 899
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 42
Localização : Sorocaba - SP

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sab Ago 11, 2012 10:41 pm

Mordaz escreveu:
Marcus Del Mastro escreveu:
Essa história de desgastar o aro, eu também fico cabreiro...
Alguns aros de alumínio têm um indicador de desgaste.

sei disso, mas acho uma chatice e um desperdício de material e tempo... mas ganha-se em peso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pocketcar.org
ninocoutinho



Mensagens : 1199
Data de inscrição : 20/09/2010
Localização : Itabira - MG

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Qua Ago 15, 2012 9:01 am

Desculpe a demora, pessoal, o bicho tá pegando!

Então, Roberto, legal seu interesse e suas pesquisas. De fato, o padrão tapered seria o padrão mais "moderno", até onde sei, pois sempre estou vendo anúncios em classificados de mtb, do pessoal vendendo suas suspas over pois atualizaram seus quadros para tapered. Existem adaptadores pra pegar uma espiga over e 'transformar' em tapered, e achava que evidentemente não existia o contrário, mas consta que existe... Só que aí eleva um pouco a frente, podendo dar o efeito indesejado pra vc (mas tlvz seja desprezível), pois só a parte "fina" da espiga fica pra dentro do headtube. Essa parte mais alargada fica de fora. Veja nesta postagem (o link direciona pro post com as fotos, e não pro tópico.).

Já vi gente falando do tal peso extra que um conjunto de freios a disco teria numa bike de estrada, mas tb já vi o pessoal comentando que as bikes só não são mais leves do que são, por regras da UCI... ou seja, tem de onde tirar peso no quadro pra "compensar" o peso extra de freios mais pesados. Preocupação q com certeza, pro nosso uso, é insignificante, ou tlvz nem para nós: não acompanhei direito, mas vi só os comentários, sobre a final de XC das olimpíadas. Meu xará, Nino Schurter, de 26 rabo duro, "perdeu" o primeiro lugar pra um camarada de full 29er... bicicleta e atleta mais pesados...

Marcus, tb pensei nisso, de ter só freio a disco na dianteira, mas acho q o "trabalho" vai acabar sendo igual. Inclusive, já estou com as rodas pra disco, e elas são exclusivas pra disco - nem era minha intenção, preferia uma roda que valesse pros dois, pois assim sempre teria a possibilidade dum v-brake, mas peguei as rodas usadas numa oferta boa, com cubo com dínamo na dianteira e luzes, ou seja, esquema ficando pronto pra touring e randonagem!

O chato é tudo qnto é "upgrade" que penso, implicar em peso extra... minhas próximas montagens estão pecando pela obesidade ciclística!!! cyclops

Mas ainda nem consegui comprar os freios... meu cartão de crédito tá na tampa hahahah pirat ! De qualquer forma, outras coisas precisam ser adiantadas antes disso.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2200
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Qua Ago 15, 2012 3:03 pm

Eu nem sabia da existência desse padrão 1.5" tapered. Faz sentido que o rolamento de baixo seja maior, pois é o que leva mais pancada.

Esse adaptador para compatibilizar quadro over com garfo tapered serviria no meu caso, mas essa "levantada" atrapalha um pouco.

Provavelmente não vou levar adiante a idéia do freio a disco com aro de carbono. Se eu chegar a montar uma roda dianteira com aro de carbono, mantenho o freio de aro e boto sapatas de freio de cortiça. Mas talvez eu continue com aro de alumínio mesmo. Aqui na minha região tem muito vento e uma roda dianteira de perfil alto deve perturbar a direção.

Ainda não vai ser desta vez que eu uso freio a disco!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
prof carlos henrique



Mensagens : 327
Data de inscrição : 14/02/2012
Idade : 58
Localização : Araçatuba - sp

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sex Out 05, 2012 8:13 am

engraçado!!!!

enquanto uns alicatam os freios nas descidas, eu tenho preferência em usufruir ao máximo das descidas e sentir o vento uivando!!!!


gostos dos freios v-brake é só usar sapatas de qualidade, e gosto mais ainda dos freios ferradura da campagnolo, aquilo freia até foguete!!!!


e pq?!!! gosto de simplicidade, em pedaladas tudo tem que ser rápido e fácil na hora de algum contratempo!!!!

qto ao desgaste dos aros de alumínio, nunca me preocupei com isso ou com a temperatura, o aro começando a ficar com aquele aspecto de picado e amassado troco por um novo!


nunca tive problemas por causa de super aquecimento dos aros, pow!!! pro pneu chegar a explodir teria que avermelhar o aro!!!!!

e pensar que na minha speed monark positron usei os aros originais em aço carbono cromado por 30 anos, só troquei pq o aspecto estava horroroso mas que nem chiavam de serem altamente solicitados isso era ponto positivo!!!!


as experiências que fiz com freios a discos posso dizer que não me agradaram, consigo os mesmos resultados com os v-brakes, óbvio que os freios a disco são vistosos, aquele visual de cheguei, alta tecnologia por isso a procura!!!
prefiro o binômio custo/benefício!!!

em trilhas tive vários problemas, desde areia e lama dentro das pinças até torção por batidas em pedras ou paus finalizando prematuramente a pedalada!!!!

mas gosto não se discute!!!!

abraços!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Mordaz



Mensagens : 2200
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Alternativa barata ao aro Velocity A23   Sex Out 05, 2012 9:41 am

prof carlos henrique escreveu:
qto ao desgaste dos aros de alumínio, nunca me preocupei com isso ou com a temperatura, o aro começando a ficar com aquele aspecto de picado e amassado troco por um novo!

nunca tive problemas por causa de super aquecimento dos aros, pow!!! pro pneu chegar a explodir teria que avermelhar o aro!!!!!
OK, mas se você imagina uma bicicleta de estrada, com aros de carbono e pneus de alta pressão, a coisa muda de figura.

É muito fácil estragar um aro de carbono com o calor, mesmo aqueles aros que têm uma banda de frenagem de alumínio colada. O carbono também não dissipa calor como o alumínio, daí o aumento de temperatura na câmara de ar ser até maior. Bastam algumas dezenas de PSI (libras-força) a mais para estourar alguns pneus de estrada (dependendo da pressão inicial).

Já pensou, trocar um aro de roda Zipp?

US$670.00 na Wheelbuilder, sem contar frete e impostos.

Se for para usar um aro Vzan Escape de R$20, tudo bem!

Falando no Vzan Escape, tenho pensado seriamente em montar uma recli escaladora com rodas 26" (em vez de 700c) e usar os aros Escape como uma alternativa barata aos aros Velocity A23 que estão na moda lá fora. Os aros Vzan Escape têm a mesma largura e são só um pouco mais pesados.

A vantagem da largura maior é a de tornar a transição entre o pneu e o aro mais suave e não produzir turbulência. Usaria pneus Schwalbe Ultremo ZX de 23 mm numa configuração competitiva (ficaria equivalente a rodas 650c) e ainda teria a opção de botar pneus de até 32mm (1.25") para mais conforto.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
prof carlos henrique



Mensagens : 327
Data de inscrição : 14/02/2012
Idade : 58
Localização : Araçatuba - sp

MensagemAssunto: mordaz   Sex Out 05, 2012 1:57 pm

estava me referindo exclusivamente aos aros de alumínio!!!!!

considero os aros aeros mais do que suficientes para qq atividade não profissional!!!!!!

seja urbanisticamente ou esportivamente ou ainda cicloturisticamente falando!!!!

algumas gramas a mais ou a menos não tem absolutamente qq influência no rendimento, seja em curtas, medias ou longas distancias!!!!!


com certeza já passei de mais de 35 anos pedalando tudo qto é tipo de bicicletas nas mais variadas situações, das "normais" até as mais extremas.
para mim o mais importante é a resistência dos componentes da bike e facilidade de manutenção, nada de complicações!!!!!


concordo que um aro de carbono é inviável uso de freios de sapatas externas só pelo que descreveu, não dá pra ficar inventando devido ás características do material, o óbvio do bom senso manda usar freios a disco ou cubos com tambor de freios por sapatas que acho que ficaria mais leve e menos complicado!!!!

mas se justifica usar um aro de carbono??!!!! não estou dizendo pelo custo!!!!!

abraços
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Luciano



Mensagens : 199
Data de inscrição : 26/08/2011
Idade : 40

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sex Out 05, 2012 9:32 pm

Freio a disco eu francamente acredito que apenas tenha eficiência e necessidade em MTbs e bikes de DH, onde usam-se pneus enormes e sendo assim a área de arrasto é maior. Fora isso, acho que eles foram desenvolvidos pra frenagens realmente extremas. Eu uso disco na minha MTB, e v-breack na reclinada. Se eu puder dizer uma diferença realmente concreta entre os dois, é que o disco te permite modular melhor a qualidade e intensidade da frenagem, e em dias de chuva, ele sempre funciona, ao contrário do v-breack, que na chuva "manda um abraço". Honestamente tbm jamais escutei algum relato de estouro de camera de ar por calor provocado pelo v-breack. E eu já torrei balacas de v-break em longas frenagens e nunca aconteceu nada parecido Smile Num rotor de grande circunferência vc precisa de menos força no manete do freio, ao contrário de um pequeno, onde vc precisa dar mais pressao no manete.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Marcus Del Mastro



Mensagens : 899
Data de inscrição : 25/03/2011
Idade : 42
Localização : Sorocaba - SP

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sab Out 06, 2012 7:18 am

Precisamos lembrar que no mercado há dois tipos de freios a disco:
- o hidráulico que tem essa característica de modulação da força;
- e o não hidráulico que tem um desempenho semelhante ao V-brake.

Outra, aros de carbono são utilizados com sapatas especiais, existem aros de carbono com parte de alumíno para frenagem e aros de carbono inteiros.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://www.pocketcar.org
Mordaz



Mensagens : 2200
Data de inscrição : 22/05/2009
Localização : Rio de Janeiro

MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Sab Out 06, 2012 9:43 am

prof carlos henrique escreveu:
mas se justifica usar um aro de carbono??!!!! não estou dizendo pelo custo!!!!!
Realmente o custo é elevado, mas em ciclismo de estrada usam-se aros de carbono, sim. Sejam os de perfil baixo, levíssimos, ou os de perfil alto, que podem até ser mais pesados que os aros de alumínio, mas são muito mais aerodinâmicos.

Em velocidades altas, a aerodinâmica é mais importante que a leveza. Os entendidos dizem que a partir de uns 30 km/h já dá para sentir bem a diferença de uma roda dessas Zipp ou similares.

Uma outra desvantagem do freio a disco é exigir rodas com muitos raios. Com freios de aro dá para usar muito menos raios porque estes só precisam resistir à força de tração produzida pelo ciclista. No caso dos freios a disco, os raios da roda precisam suportar as forças de frenagem também, as quais podem ser bem maiores.

Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://fotolog.terra.com.br/bentrider
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: sobre tamanho dos rotores em reclinadas   Hoje à(s) 5:57 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
sobre tamanho dos rotores em reclinadas
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» Dúvida sobre vitrines
» Wash sobre Brilho Fácil
» Filme sobre modelismo
» Tudo o que você sempre quis saber sobre aerógrafos - Parte III
» Falar sobre mim(filipao3)!

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
 :: Ciclismo reclinado geral-
Ir para: